Header Ads

Entre altos e baixos, o Heat se mantém na zona dos playoffs

Na terça-feira (21), o Miami Heat enfrentou o Phoenix Suns e venceu a partida por 112-97. Já na noite passada, o Heat acabou perdendo para o Toronto Raptors em casa por 101 a 84. Com os resultados, o time da Flórida se mantém na oitava posição, brigando por uma vaga nos playoffs.


No jogo de terça, o time da casa dominou os Suns do início ao fim. O momento mais crucial da noite foi quando Hassan Whiteside subiu para dar um toco em Marquese Chriss e acabou acertando a mão na parte debaixo da tabela. O pivô saiu com dores e com sua mão sangrando, tendo que tomar treze pontos na mão e se tornando dúvida para o jogo contra o Raptors. A atuação do time foi bem consistente e segura, com sete jogadores chegando na marca dos 10 pontos ou mais, sendo eles Whiteside, Josh Richardson, Goran Dragic, Tyler Johnson, Wayne Ellington, James Johnson e Willie Reed. 
Hassan Whiteside corta a mão no jogo contra o Phoenix Suns e precisa tomar 13 pontos (Foto: Heat Nation)


Contra os Raptors

Mesmo com a mão direita machucada, o jogador foi titular contra o Toronto e contagiou os companheiros com energia no início de jogo, com a equipe terminando o primeiro quarto vencendo por 33-23. Mas o ataque, que foi muito eficiente nos últimos jogos, teve uma queda considerável de rendimento, com 51 pontos totais nos três últimos quartos. Mais uma vez, Dion Waiters fez falta e o Heat acabou por perder duas partidas em três jogos desde sua lesão, contra os Raptors e os Blazers. O jogador não tem data para retorno.
James Johnson sobe para a bandeja sobre Patrick Patterson na derrota por 101-84 contra os Raptors (Foto: News Locker)
Pela segunda vez em um período de três jogos, o Miami Heat permitiu 40 ou mais pontos para um jogador. Damian Lillard fez 49 pontos no jogo do domingo, contra os Blazers, e DeMar DeRozan, da equipe canadense, fez 40 no jogo de ontem. Além disso, sem Goran Dragic e Hassan Whiteside em quadra, o Heat sente falta da liderança de Waiters nessas partes do jogo.

A defesa não funcionou no jogo, pois não teve ajuda na marcação de DeRozan e a defesa no perímetro permitiu 67 pontos feitos por três jogadores, já o ataque foi anulado pela defesa dos Raptors, fazendo apenas 84 pontos no jogo.

Hassan Whiteside- 16 pontos, 14 rebotes, 2 tocos
Goran Dragic- 13 pontos, 7 rebotes, 7 assistências, 4 roubos
Rodney McGruder- 13 pontos, 4 rebotes

O Miami Heat volta a jogar no domingo (26) contra o Boston Celtics, fora de casa, no TD Garden.

GO HEAT

Gabriel Barros

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.