Header Ads

Foi lindo, mas faltou vencer

O torcedor do Taubaté fez bonito na Rua Javari. A previsão de invadir a casa do Juventus na manhã de domingo foi cumprida a risca. Centenas e centenas de taubateanos deixaram suas casas rumo a capital para apoiar o Burro da Central diante do Moleque Travesso. A festa fora de campo foi de arrepiar. Quem cantou alto na Mooca foram os torcedores visitantes. Foi lindo ver nossos amigos tomando conta das arquibancadas.

Dentro de campo, o tabu de 54 anos sem derrotar o Juventus em seus domínios parecia que finalmente iria ser quebrado. O Taubaté dominava a partida. O artilheiro Caíque, com o gol aberto, perdeu uma grande chance de abrir o placar. O Moleque Travesso acuado foi quem fez o primeiro gol na fria manhã de São Paulo. No primeiro ataque da equipe, Filipe aproveitou rebote do goleiro e marcou.

O Taubaté reagiu rápido. Não deu nem tempo de sentir o baque, e três minutos depois o placar já estava novamente igual. Éverton aproveitou jogada ensaiada em cobrança de falta e voltou a balançar as redes após pequeno jejum, chegando a cinco tentos na competição. Um atrás dos goleadores Caíque e Robert.

Torcedor taubateano invadiu a Rua Javari. Foto: Pedro Nogueira
No segundo tempo, o Juventus melhorou e passou a ter mais o controle da bola. Foi então que apareceu outra figura em campo, o árbitro Leandro Bizzio Marinho, que conseguiu desagradar ambos os lados. Os taubateanos reclamam do excesso de faltas marcadas a favor do Juventus, uma delas deixando a equipe com dez em campo com a expulsão do zagueiro Júnior Campos. Já no lado juventino, a reclamação de dois supostos pênaltis já nos minutos finais.

O 1x1 persistiu até o final. Ruim para os dois. O Taubaté que perdeu uma posição na tabela, e o Juventus que volta a ficar zona de mira para retornar ao grupo dos seis últimos colocados.

Após a partida, mais uma vez torcedores de Taubaté e Juventus, juntos, mostraram a união que juntam os dois lados. A cerveja e o churrasco no pós-jogo na Rua Javari mostram a verdadeira missão do futebol: Rivais com a bola em campo, amigos do lado de fora.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.