Header Ads

Hora de mudar o sinal: Vermelho ou verde?

O torcedor do Esporte Clube Taubaté está preocupado. A derrota da última quarta-feira ascendeu o sinal amarelo no Burro da Central. A atuação abaixo do esperado e os repetitivos erros na defesa, somado aos inúmeros desfalques fazem com que o Alviazul entre em campo neste final de semana para enfrentar a Votuporanguense com o torcedor com o pé atrás.

Taubaté foi derrotado em casa pelo Sertãozinho na rodada de meio de semana da A2. Foto: Bruno Castilho/EC Taubaté
O confronto na longe cidade de Votuporanga será a segunda, e talvez última chance, de equipe mostrar que tem potencial para chegar às rodadas finais na briga por uma vaga nas semifinais. Enquanto o Burro patina, assim como alguns de seus rivais mais próximos na tabela também tropeçam, a turma da parte de baixo da classificação começa a somar pontos, aumentando o temor por uma ingrata luta contra o rebaixamento nas rodadas finais.

O técnico Evaristo Piza mais uma vez é alvo de críticas. Boa parte dos taubateanos, querem a demissão do treinador. Em caso de nova derrota, a pressão será ainda maior. Para o azar do treinador, o Departamento Médico a cada dia fica mais cheio, e as opções para escalar o time estão escassas. Para esta rodada, apenas 18 atletas estão à disposição.

Mais uma vez a equipe entrará cheia de improvisos em campo. Laterais não existem. Israel voltando de lesão ficará no banco, mas ainda com problemas físicos dificilmente terá condições de entrar em campo. O atacante Gabriel mais uma vez terá que se desdobrar para fazer uma função que não é a sua. Na esquerda, mais do que nunca, o zagueiro Luis Felipe tornou-se o do dono da lateral até o final da competição em virtude da fratura de Rodrigo Soares.

Outra dor de cabeça estará na cabeça de área. Sem Alex Silva, talvez o melhor jogador da equipe no torneio, a bronca deverá ficar por conta de Nildo ou Vitor Rossini, atletas que ainda não atuaram na competição. O primeiro foi de longe o pior jogador do clube nas partidas da pré-temporada, o segundo chegou ao Taubaté já com o campeonato em andamento e é uma incógnita.

Uma improvável vitória em Votuporanga será motivo para festejar como um título. Nova derrota ascenderá o sinal vermelho.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.