Header Ads

Tudo ficou para a última rodada

Após dois resultados que animaram o torcedor canarinho (vitória de 2x1 sobre o líder Novo Hamburgo e empate em 1x1 contra o Internacional) o Ypiranga viajou até Gravataí na região metropolitana de Porto Alegre, o Estádio Antonio Vieira Ramos (Vieirão) sede do Cerâmica (clube já inativo) foi o palco do certame que tinha tudo para ser o jogo que afastaria o Ypiranga da zona do rebaixamento.

A torcida do Ypiranga (inclusive eu) viajou 400 km em um micro apertado para acompanhar de perto o canarinho, havia dos torcedores á esperança de ver a equipe semelhante aos dois últimos jogos, porém este confronto era longe de casa, onde o canarinho mostra suas maiores fraquezas, o mesmo elenco, o mesmo técnico, mas não o mesmo futebol.

Desde os primeiros momentos o Ypiranga se mostrava totalmente perdido, o Cruzeiro tomava iniciativa e encontrava o Ypiranga sempre apático, e não demorou muito para as chances começarem, aos 30 minutos veio o castigo, após erro de passe de Kaio Wilker o Cruzeiro aproveitou a falha de marcação e Lucão apareceu para abrir o placar. A partir deste gol parecia que o Ypiranga iria acordar, mas não foi isso que se viu, o Cruzeiro seguia dominando e no fim do primeiro tempo Éder perdeu a bola no meio campo e em uma jogada parecida com o do primeiro gol a bola sobrou para Thiago Alagoano aumentar o placar 2x0 Cruzeiro. 

Gol de Lucão(Foto Site: cruzeiropoa.com.br)
O segundo tempo iniciou com o Ypiranga melhor, Éder quase descontou, mas parou por ai, foi a única chance de gol do Ypiranga na partida, após esse lance foi um verdadeiro ''Deus nos acuda!'', aos 5 minutos Thiago Alagoano quase alcançou a bola e aumentou o placar, aos 10 minutos Willian acertou o travessão, aos 15’ Lucão parou na defesa do Carlão, aos 26’ de novo Lucão parou em boa defesa de Carlão. A agonia só terminou após Diego Real apitar o fim de jogo, Cruzeiro 2x0 Ypiranga e podia ser bem mais.

CRUZEIRO – Deivity; John Lennon, Dão, Vladimir e Sander; Tawan, Thiago Alagoano (Jaderson), Lucas Martins e William Koslowisky; Ronaldo (Mateus) e Lucão (Raul). T – Ben Hur Pereira.

YPIRANGA – Carlão, Marcio, Negretti, Wagner (Evair) e Vinicius, Tairone, Jackson, Thales Cunha e Kaio Willker, Eder (Artur) e Michel. T – Guilherme Macuglia.

LOCAL: estádio Vieirão, Gravataí, RS
ARBITRAGEM: Diego Real com Leirson Martins e Gustavo Schier. Lucas Guimarães Horn como quarto arbitro.

Ypiranga x Caxias

O jogo mais importante do ano será quarta feira no Colosso da Lagoa, o Ypiranga entra em campo na zona do rebaixamento e dependendo de resultados para conseguir se manter na elite do Gauchão, a vitória diante do Caxias tem que vir combinada com um tropeço do São Paulo que enfrenta em casa o Grêmio ou um tropeço do Brasil que enfrenta o Passo Fundo fora de casa. Após 10 rodadas do Gauchão vejo que os resultados paralelos não são difíceis de ocorrerem, o que vai ser difícil é vencer o bom time do Caxias.

Nós torcedores estaremos nas arquibancadas sofrendo, mas acreditando, torcendo para Grêmio e Passo Fundo de longe e torcendo pelo nosso canarinho de perto. Que os bons ventos soprem no Colosso da Lagoa na noite desta quarta-feira que Arthur Incerti, Favorino Pinto, Ercilia Di Francesco Amorim, Fioravante Tagliari, Florêncio Antunes de Oliveira, Francisco de Oliveira Dias, Heraclides Franco, Jacinto Godoy, João Antonio Sírtoli, João Magnabosco, João Reis Solon, João Vitorino dos Reis, José Maria de Amorim, Lizandro Araújo, Nilo Amorim, Otto Feldmann, Paulo Damasceno Ferreira, Sigismundo Pllak, Sebastião César, Silvestre Péricles Monteiro, Simão Vasconcelos de Souza, Themistocles Ochoa, Theodoro Tedesco e Vitório Alovise, que todos estes nobres senhores e senhoras que são os responsáveis pelo nosso Ypiranga existir, olhem lá de onde estiver este jogo, que torçam pelo nosso clube, todas as energias positivas serão necessárias para nos livrar do horror que é a segunda divisão, somos os maiores vencedores dela sim, nós sabemos, porém não é nada agradável estar lá.

Que o Ypiranga vença quarta, que os resultados ajudem e a partir de quinta um novo começo tem de ser planejado, novas atitudes, novos jogadores e que o Ypiranga seja outro para a Série C.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.