Header Ads

Uma Juventus perfeccionista

Não precisa ser um torcedor fanático bianconero para imaginar como seria Juventus x Porto no Juventus Stadium pelo retorno das oitavas de final da UEFA Champions League. Após vantagem de 2x0 obtida em pleno Estádio do Dragão, a Juventus, talvez o time que melhor se defenda no mundo, não iria dar sopa para o azar (inclusive após a façanha do Barcelona) e deixar a classificação ir embora (o que seria tão trágico em Torino quanto foi em Paris).

A Juventus mostrou que não deixaria o jogo do time português fluir em nenhum momento do jogo. Com a bola, espaçou bem suas linhas, fazendo muitas viradas de jogo, chamando Alex Sandro e Dani Alves muitas vezes para fazer o time adversário correr atrás da bola. Sem a bola a Juventus sabe se defender como poucos times do mundo. A Juventus é perfeccionista em seus passos.

Mais uma vez o Porto não terminou a partida com 11 jogadores. Maxi Pereira foi expulso ao utilizar as mãos para interceptar um chute dentro da área. Paulo Dybala converteu o pênalti em Casillas e marcou aquele que seria o único gol da partida. Mesmo com 10 homens em campo o Porto ainda teve duas oportunidades no segundo tempo em contra-ataques, mas que não foram bem executados pelos seus avançados (méritos para Buffon que saiu muito bem nas duas oportunidades).

Massimiliano Allegri é parte importante da filosofia vencedora da Juventus. Foto: Juventus.com
Com a classificação a Juventus volta as quartas de final da Champions League após dois anos e de quebra receberá, no mínimo mais 100 milhões de euros, entre premiações e demais direitos. Isso ocorre, dentre outros fatores, porque a Juventus é o time italiano que foi mais longe nesta edição, sendo que o Napoli ficou pelas oitavas e a Roma nos playoffs. Já dá pra contratar outro Higuaín!

Apesar da serenidade Allegri sabe que teremos que evoluir para bater de frente com adversários mais fortes. Caso tudo transcorra com o avanço dos favoritos (hoje ainda temos Monaco x City e Atlético de Madrid x Bayer Leverkusen), além da Juventus, nas quartas teremos Real, Barcelona, Bayern, Borussia Dortmund, Leicester, City e Atlético.

Real Madrid e Barcelona estão um passo a frente de todos os outros adversários podendo ser considerados os favoritos ao título (mais uma vez). Bayern vem em um segundo pelotão, com o time dando liga no momento certo e Ancellotti cascudo. Em tese a Juventus viria logo a seguir juntamente com o Atlético. Borussia e City na sequencia e o azarão Leicester no final.

Buffon disse que gostaria de enfrentar qualquer time, menos o Leicester, pois eles não teriam nada a perder, apenas a ganhar (pelo fato de serem franco atiradores no torneio). Dybala afirmou que gostaria de fazer uma final com o Barcelona.

Na próxima sexta-feira, 17, às 8 horas da manhã (horário de Brasília) será o sorteio dos confrontos da próxima fase. Óbvio que todo e qualquer jogo será difícil e teremos que continuar evoluindo para passar de fase. Esse futebol apresentado não será o suficiente (dependendo do adversário, claro). Entretanto, sou mais conservador em dizer que, na ordem, preferia não enfrentar (neste momento) Barcelona, Bayern, Real e Atlético.

Dou esta ordem analisando estilo de jogo, jogadores e possibilidade de encaixe do nosso jogo contra o jogo do adversário. Nada impede de pegarmos o Real novamente, passar e pegar o Borussia e ficar fora.

Seria fundamental chegar novamente às semifinais. Para tanto, precisaremos dos nossos jogadores a 101% e nosso jogo fluindo de forma natural.

Aguardemos o sorteio!

Atualização

A Juventus enfrentará o Barcelona pelas quartas de final da UEFA Champions League.

Comentários sobre o confronto nos próximos textos.

Atualizado em 17/03/17 às 08:29



Fino alla fine, FORZA JUVENTUS!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.