Header Ads

Ceará 2 x 0 Guarani: Precisando evoluir

Ceará venceu o Guarani de Juazeiro pela segunda partida da semifinal do Campeonato Cearense e tem vantagem para o terceiro e decisivo jogo, Lelê e Magno Alves marcaram os gols do alvinegro.

Depois daquele ''purgante'' chamado de primeiro jogo no dia 05/04 em Juazeiro, Ceará e Guarani fizeram um jogo bem mais movimentado, principalmente na segunda etapa onde apareceram as principais chances de gols.

Lelê e Magnata decidiram o jogo. FOTO: Cristhian Alekson/Cearasc
A primeira grande oportunidade foi do Ceará, aos 34 minutos Jackson Caucaia cabeceou e a bola passou perto do gol, no minuto seguinte Maxi Biancucchi chutou e o goleiro Léo segurou firme. A melhor chance do Leão do Mercado ocorreu após um erro da defesa alvinegra, Everson saiu mal e se não fosse Tiago Cametá, que tirou a bola no momento certo, poderia ter sido pior. O Vozão respondeu aos 42 minutos, no primeiro lance Magno Alves obrigou o goleiro a realizar uma difícil defesa e no rebote Victor Rangel tentou um voleio, mas mandou por cima da meta.

No segundo tempo Givanildo sacou Victor Rangel e colocou Lelê em campo, na tentativa de tornar seu ataque mais veloz, mas foi o Guarani que teve duas boas chances, sendo a segunda um milagre de Everson. Depois do susto o Ceará acordou e Magno Alves quase marcou, aos 25’ estava livre na área e chutou para fora e aos 34’ em uma bela cabeçada. A bola parecia que não queria entrar, mas ela acabou entrou e duas vezes. Lelê recebeu um passe açucarado do Magnata e chutou forte, no final da partida Raul serviu Magno Alves que deu números finais para o placar.

Lele marcou o 1º gol do Ceará. FOTO: Helene Santos/ Diário do NE
Para quem teve muito tempo para treinar, já era para o Ceará ter demonstrado muito mais dentro de campo, ontem mais uma vez o time mostrou sua deficiência no setor ofensivo. A entrada de Lelê surtiu o efeito esperado, o ataque ficou menos engessado, porém bem longe do que o torcedor espera desse elenco. A primeira partida de Ricardinho como titular já deixou evidente que ele irá ajudar bastante a melhorar a criação no meio de campo alvinegro, mas nada de exigir que ele apresente o futebol de 2015 assim de cara, para voltar a ser o que já foi vestindo a camisa do Vovô, o maestro precisará de tempo e principalmente ritmo de jogo.

Também é preciso destacar as importantes defesas do goleiro Everson, ele até deu suas vaciladas, mas quando foi exigido foi muito bem. Existem algumas peças que não disseram para que estejam em Porangabussu, Maxi Biancucchi é uma, o argentino está no mesmo barco do seu irmão Emanuel (que jogou no Ceará em 2016). Mesmo com todas as dificuldades e limitações o elenco consegue dar uma resposta, entretanto ainda é pouco para quem tem os melhores jogadores da competição.

Everson garantiu o resultado. FOTO: Mateus Dantas/Opovo
O Ceará voltará a campo no próximo sábado 22/04 as 16h00min contra o Guarani pelo terceiro e decisivo jogo das semifinais do estadual, para essa partida Givanildo não terá o zagueiro Rafael Pereira e o atacante Victor Rangel, ambos suspensos pelo terceiro cartão amarelo. Em contrapartida a equipe terá os retornos de Romário e Richardson que cumpriram suspensão na ultima partida.

FICHA TÉCNICA
CEARÁ 2 X 0 GUARANI DE JUAZEIRO

CEA: Everson, Cametá, Rafael Pereira, Luiz Otávio, Rafael Carioca, Raul, Jackson Caucaia (Pero Ken), Ricardinho (Wallace Pernambucano), Maxi Biancucchi, Victor Rangel (Lele) e Magno Alves. T: Givanildo de Oliveira

GUA: Léo, Talisson, Regineudo, Luiz Gustavo, Zé Aquiraz, Dim, Da Silva (Rosivaldo), Adenilson, Leilson, Ítalo (Emerson Catarina), e Ronda (Roberto Jacaré). T: Washington Luiz

CARTÕES AMARELOS: CEA: Victor Rangel, Rafael Pereira e Rafael Carioca  / GUA: Da Silva e Ronda.
GOLS: Lelê aos 36 do 2º Tempo e Magno Alves aos 45 do 2° Tempo

Davi Maia | @davims 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.