Header Ads

Nem foi preciso abrir os olhos para garantir a vitória

Nesta quarta-feira (12) no Estádio Rei Pelé, se teve o embate das equipes dominantes do hexagonal final do Campeonato Alagoano. CRB, mandante, tinha o fator casa como principal arma para a vitória. Já o ASA, visitante, deveria por mérito ou sorte chegar ao gol e balançar as redes para garantir a liderança.

Foto: TNH1
Primeiro tempo

Evidente que após várias partidas sem deixar os olhos do torcedor brilhando, hoje parecia ser o dia. A equipe sofreu mudanças no setor de meio campo. Danilo Pires que havia recebido o terceiro cartão amarelo no clássico contra o CSA ficou de fora desta partida. Assumiu então a camisa 10 o jogador Chico, que estava jogando pelos lados, fazendo a função de um meia mais aberto. Já que o jogador assumiria o papel de armador da equipe, para o seu lugar no lado direito teve a entrada do lateral Edson Ratinho.

Várias chances foram criadas no calor do embalo do torcedor que compareceu em número considerável em noite de chuva forte na cidade. Elias não aproveitou as oportunidades que teve, e Maílson fez seu conhecido samba pelo lado direito. A equipe arapiraquense não levou muito perigo nos primeiros quarenta e cinco minutos, dando sossego ao goleiro Juliano.

Segundo tempo

Logo na volta para os quarenta e cinco minutos finais, a primeira alteração do Regatas foi feita. Maílson saiu dando lugar a Neto Baiano. O atacante mostrou em campo que não queria mais ficar nas reservas, insistindo nas divididas, apoiando na marcação e correndo até se esgotar. Os cruzamentos eram feitos, mas nunca aproveitados da melhor forma. Então aos 8' minutos, após receber bola pelo lado canhoto do campo, Chico partiu, teve a chance e finalizou de fora da área para marcar o primeiro gol da partida. CRB 1 a 0 ASA.

Com o gol sofrido, cabia ao Alvinegro lançar seus atletas ao ataque. Investidas bem feitas sinalizavam que o gol poderia sair a qualquer momento. O Galo fez mais duas alterações na partida, Emaxwell e Jocinei entraram no lugar de Elias e Jocinei, respectivamente.

Nas descidas do Fantasma, o espaço foi aberto. Contra-ataque armado aos 40' minutos, Chico recebeu na direita, levou a redonda e já na área driblou o goleiro para finalizar sem dificuldade alguma. CRB 2 a 0 ASA.

Com o placar quase decidido, o Galo descansou, e após três minutos do segundo gol, o ASA chegou. Depois de um baile de divididas e chutes bloqueados na área, a bola sobrou para Júnior Mandacaru, o jogador finalizou forte e diminuiu o resultado aos 43' do segundo tempo. CRB 2 a 1 ASA. E assim, fim de jogo aos 49'.

Próximo jogo

Já classificado, o Regatas visita o já eliminado CEO em Olho D'Água das Flores no domingo às 16h. Agora a briga é para tomar a liderança geral do campeonato que pertence ao ASA, o Alvinegro tem 31 pontos conquistados, dois a mais que os 29 de CRB e CSA. No hexagonal o Galo é líder com 10 pontos e precisa de apenas um empate para garantir sua liderança.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.