Header Ads

Finale

Terminei meu último texto repetindo uma frase muito dita, mas por vezes esquecida pelos entusiastas. “Quando se ganha nem sempre tudo está bom e quando se perde nem sempre tudo está ruim”. Essa foi a Juventus de ontem (05) que perdeu por 3x2 para o Napoli no San Paolo e assegurou a vaga na final da Coppa Italia pelo placar agregado de 5x4.

Se a nossa primeira decisão do mês de abril terminou empatada por 1x1 contra o mesmo Napoli, podendo ser considerado um resultado satisfatório/bom, a segunda foi mais emocionante, sendo que podemos considerar até que jogamos mais ontem do que no jogo do último domingo.

A Juve iniciou a partida com Neto, Dani Alves, Benatia, Bonucci, Alex Sandro; Khedira, Rincon, Cuadrado, Dybala, Sturaro; Higuain. Do time que iniciou ontem, apenas Bonucci, Khedira e Higuian iniciaram a partida contra o mesmo Napoli no fim de semana pelo Campeonato Italiano. Dybala, Cuadrado e Rincon entraram no segundo tempo daquela partida. Já Pjanic e Lemina entraram no decorrer da segunda etapa do jogo de ontem, também participando dos dois jogos. Além disso, no final Allegri colocou Barzagli para trancar o jogo e garantir a vaga na final.

Allegri sabe que tem um mês cheio, com partidas importantes e outras que são fundamentais. Sabe que todos têm que estar fisicamente e tecnicamente bem para os confrontos contra o Barcelona. Rodar o elenco traz um sentimento de estar em estado de alerta a todo o instante, sem vacilar.

Com seu silenciador, Gonzalo Higuain marcou dois gols na partida. Foto: Juventus.com
Foi nítida a diferença de jogar com Dani Alves e Alex Sandro nos lugares de Lichsteiner e Asamoah. Os dois últimos são bons reservas, sendo que o suíço tem esse status hoje pela sua queda física e o ganês é esforçado. Dani deu uma cansada no final, compreensível também por sua idade, mas Alex Sandro pra mim é nosso melhor jogador de linha da temporada até este momento (menção a Pipita e Khedira que fazem uma excelente temporada).

Higuain, tão contestado, tão ofendido, tão desprezado pelos torcedores do Napoli foi o nome da partida e o nome da eliminatória. Autor de dois gols ontem e três no total das partidas, foi responsável direto pela classificação bianconera. Em todas as partidas contra o Napoli sempre foi muito frio e não se deixou emocionar pelos gols (comemorar poderia iniciar confusões na torcida napolitana - que não seriam culpa sua). Salvo os eternos insatisfeitos, Higuain não tem contestadores na Juventus.

Uma imagem de Buffon com as mãos na cabeça após a falha de Neto no segundo gol do Napoli circularam nas televisões e internet. Não dá pra saber se Gigi estava “decepcionado” com a falha do brasileiro como uns apontaram ou simplesmente apreensivo pelo rumo que as coisas estavam tomando. Fato é que, apesar das críticas que Neto sofre (principalmente dos torcedores italianos) o brasileiro vinha fazendo uma boa partida fez boas intervenções no primeiro tempo, principalmente a bola defendida no chute de Zielinski.

Vou além, Neto é o melhor reserva que Buffon já teve na Juventus. Temos que ter calma e entender que é difícil para um goleiro não ter ritmo de jogo. Não estou dizendo que quando Buffon se aposentar (que esse momento demore muito) Neto é a escolha pra camisa n.º 1, mas ele é um bom jogador pra se ter. Ninguém aqui acredita que a Juventus vai pagar mais de 50 milhões de euros pro Donnarumma ser reserva do Buffon, certo?

De todas as escolhas de Allegri, a única que não entendo é a de Benatia. Até Sturaro que é bem questionado entendo ser escalado, mas o marroquino não vem demonstrando confiança e temos Rugani pedindo passagem. O terceiro gol que tomamos podemos colocar na conta dele.

As falha defensivas contra o Napoli nos custaram de 2 a 3 gols ontem. Foi a segunda vez na temporada que a Juventus tomou três gols em uma partida (a primeira foi na derrota por 3x0 para o Genoa no Luigi Ferraris no ano passado). Importante que Allegri tire algo disso com os jogadores. Falhar contra o Barcelona significa falhar na frente de Messi, Suarez e Neymar, o melhor ataque do mundo.

O elenco comemora a vaga na final da Copa da Itália. É a terceira seguida. Foto: Juventus.com
Uma breve análise do ataque catalão nos diz que Neymar é o passador. É aquele que da profundidade ao ataque pelo lado esquerdo, dá intensidade, volume de jogo, é o lado de Dani e Bonucci. Muito importante será Cuadrado auxiliar os dois. Suarez e Chiellini são velhos conhecidos, mas o uruguaio é chato e tem fato de gol. Marcou um golaço de bicicleta ontem. Messi estava em um momento não tão bom assim (nas partidas contra o PSG), mas vem recuperando seu futebol (marcou duas vezes ante o Sevilla ontem). Messi em momento não tão bom já é superperigoso. Em boa fase então...

A Juventus está assim, orgulhosa de seus feitos e olhando para o futuro. A dificuldade que o Napoli nos impôs (em parte por nossa culpa) valorizou a vaga na final, onde enfrentaremos a Lazio. Sábado temos o Chievo pela frente no Juventus Stadium. Acredito que Allegri entrará com um time bem modificado, poupando os mais cansados para a UCL.

Fino alla fine, FORZA JUVENTUS!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.