Header Ads

Não nos falta nada! Imparável e impiedoso

Após bom começo e conseguindo resultados ótimos nas duas primeiras rodadas, e ainda invictos na competição, CRB e Santa Cruz duelaram no Estádio Rei Pelé buscando se manter na parte de cima da tabela. O Galo, como mandante, tinha a volta de Neto Baiano e anúncio de dois reforços para empolgar o torcedor.

Foto: TNH1
O jogo foi bem movimentado no primeiro tempo. As equipes conseguiam chegar ao gol, mas só chegar à área adversária não é o bastante. Finalizações péssimas atrapalharam o que seria um primeiro tempo recheado de gols.

O Santa Cruz variava sua força, atacando muito pelo lado esquerdo, mas também pelo meio e lado direito. William Barbio foi um jogador importante na construção das jogadas, e o camisa nove, Pitbull, também teve grande importância.

Já o Regatas utilizou muito os jogadores Maílson, Chico, Ratinho e Diego. O que vale destacar, é que muitas partidas na temporada tiveram gols saindo após criação dos laterais e jogadores que atuam nas beiradas do campo.

Foto: TNH1
No segundo tempo, o Galo aumentou a produção. Élvis entrou no lugar de Edson Ratinho no intervalo da partida. Assumindo o papel de armador da equipe, o camisa dezoito foi o principal jogador na criação do CRB no segundo tempo.

Várias vezes o Élvis lançava jogadores que entravam na área. E em uma oportunidade encontrou Neto Baiano, que livre cabeceou, o goleiro espalmou e no rebote Anderson Salles colocou a mão na bola, sendo pênalti para o Galo. E então aos 28', Neto Baiano foi para a cobrança e marcou o gol. CRB 1 a 0 Santa Cruz.

Ainda haveria outra oportunidade em que Élvis lançaria Neto Baiano, que marcou gol, mas estava impedido. Em apenas quarenta e nove minutos juntos, nota-se que Élvis e Neto Baiano conseguem se entender no ataque e podem render bons frutos ao CRB.

Erick Salles também entrou no segundo tempo no lugar de Maílson. Chico fez boas jogadas, e em uma delas costurou a defesa, achou Neto Baiano livre na área, mas acabou finalizando errado e perdeu a chance. Jorginho também entrou. Yuri saiu para ele entrar.

Houve algumas chances em que o Santa Cruz chegou perto, mas nada aconteceu. E aos 49' o árbitro finalizou o jogo.

Estatísticas

Com ajuda do aplicativo Footstats, foi reunido alguns números do CRB na partida.

O elenco regatiano trocou 428 passes, acertando 401 e errando 27.

Foram efetuados 39 cruzamentos pelo CRB, sendo 34 errados e apenas 5 certos.

Ao todo, o Regatas finalizou 17 vezes.

Foram efetuados 14 desarmes.

O Regatas cometeu 15 faltas e sofreu 13.

Cinco cartões amarelos foram aplicados.

O Galo chega a marca de 15 jogos sem perder. E a marca de jogos sem ser derrotado em casa é de 16 jogos sem qualquer derrota. A última derrota do CRB foi para o Paysandu na Série B de 2016.

Hoje também se concretizou a quinta vitória seguida do CRB contra clubes de Recife no Estádio Rei Pelé.

O que pode melhorar?

Com alguns jogadores já garantindo titularidade absoluta, há dúvidas em quais setores podem ser melhores reforçados.

Na defesa, apenas um gol sofrido em três jogos contra bons adversários. Diego consegue ter confiança da torcida, Gabriel e Marcos Martins sendo talvez, as únicas dúvidas de titularidade. Boaventura e Juliano cometem pequenos erros, mas conseguem com esforço e dedicação fazer sempre boas partidas.

No meio de campo, Edson Ratinho e Yuri têm juntos a titularidade ameaçada. A insatisfação da torcida por Yuri é enorme. E a necessidade de Élvis ganhar titularidade, faz com que Edson Ratinho possa voltar para a reserva.

Neto Baiano precisa ser mais eficiente, mesmo marcando gols importantes. Chico tem titularidade incontestável, assim como Adriano. Maílson é pontual, precisa distribuir mais a posse da bola.

A melhor formação de momento seria:
Juliano; Marcos (Ratinho), Gabriel, Boaventura e Diego; Adriano, Yuri, Élvis e Chico; Maílson e Neto Baiano.

Próximo jogo

O próximo jogo do CRB será contra o Oeste, o local da partida deverá ser a Arena Barueri. O horário e dia do jogo será na Sexta-Feira, dia 2 de Junho às 20h30.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.