Header Ads

Do inferno ao céu em 90 minutos

O Sport enfrentou o Grêmio na ultima rodada do Brasileirão e venceu por 4x3, mas a história do jogo retrata o momento de instabilidade que vive o Rubro-Negro Pernambucano.


Aos 4 minutos de jogo o Sport já estava perdendo de 1x0 e logo tomou o segundo gol. Em casa, após perder a Copa do Nordeste, perdendo de 2x0 ainda no primeiro tempo pra o time RESERVA do Grêmio e o time totalmente desorganizado, o cenário não poderia ser pior e nem o torcedor mais otimista poderia imaginar a virada.

André, em noite inspirada, começou a reação ainda no primeiro tempo, diminuindo o placar mais o que mais chamou atenção foi a discussão entre Rithely e Rogério, o volante não gostou de mais uma jogada individual de Rogério e soltou o verbo, foi preciso o capitão Durval e o árbitro da partida intervirem para acalmar os ânimos, começou o segundo tempo e Rogério não voltou, nem pro banco, diga-se.

Ainda no começo do segundo tempo, Matheus Ferraz empatou o jogo e depois de muita pressão André fez p terceiro e o quarto, o Grêmio ainda diminuiu de pênalti, mas ficou assim, 4x3 num jogo emocionante.

Chamou a atenção, a entrega que o time teve após estar perdendo por 2x0, jogadores como Everton Felipe, Lênis, o estreante Anselmo e, claro, André, foram muito bem e deram esperança à torcida rubro-negra que estava sedenta por uma boa apresentação. O técnico interino Daniel Paulista deu a sua cara à equipe que mostrou um espírito mais guerreiro, resta saber o motivo pelo qual a equipe não estava respondendo aos estímulos de Ney Franco ou por que jogadores pareciam sem interesse nos jogos. O fato é que o time tem qualidade e agora vai poder ser cobrado pelo novo técnico Vanderlei Luxemburgo.

Um comentário:

Tecnologia do Blogger.