Header Ads

Southampton, finalmente acabou a temporada

Enfim, o fim da temporada. Agora, começa a parte mais difícil para o Southampton, que é segurar os jogadores e, além disso, achar novos talentos e promissores dentro do mercado europeu. Mais uma vez, pela quarta temporada seguida, ficamos entre os oitos melhores da Inglaterra. Mesmo em uma temporada considerada fraca, conseguimos nos manter entre os grandes.

Resultado de imagem para peter crouch goal v southampton
Crouch em sua passagem pelos Saints em 2004 (Foto:Getty Images)
Resultado de imagem para peter crouch goal v southampton
Crouch comemora seu gol, que deu a vitória ao Stoke City (Foto:The Sun)
O último compromisso foi em casa, contra o Stoke City. Era para fecharmos com chave de ouro, uma vitória em casa para dar uma alegria final ao fans. Mas não foi o que aconteceu. Mais uma vez, não jogamos um futebol ofensivo, faltou poder de ataque e fomos derrotados por um à zero, gol marcado pelo ex-jogador do time e da seleção inglesa Peter Crouch. O gigante de 2,01m marcou de cabeça e foi aplaudido por parte da torcida do Southampton, que ainda tem certo carinho pelo jogador.

Nesse jogo, era esperado a titularidade de Jay Rodríguez, que foi relativamente bem no último confronto. O jogador sequer foi relacionado para o duelo e demonstrou através de redes sociais, sua insatisfação em não estar em campo, mas desejou boa sorte aos companheiros.

Nesta partida, Charlie Austin, que após retornar de lesão, começou jogando para voltar a pegar ritmo. Mesmo assim, o atacante pouco produziu na sua volta ao Saint Mary's.

Torcida agradece o time por mais uma temporada (Foto: Matt Watson & Naomi Baker/Southampton FC)
Nessa temporada foram:
53 jogos
20 vitórias
13 empates
20 derrotas
58 gols marcados
62 gols sofridos

Isso mostra a falta de poder ofensivo do clube nessa temporada. A lesão de Austin foi crucial, mesmo assim, o atacante ainda terminou a temporada como artilheiro do time com nove gols. Os seus reservas, Jay Rodríguez e Shane Long, tiveram seis e cinco gols marcados respectivamente. O italiano Manolo Gabbiadini, que chegou ao último dia da janela de janeiro, anotou seis gols em meia temporada e foi, até se machucar, um dos jogadores mais importante da equipe. Esses dados mostram que temos jogadores qualificados, mas que não estão sendo tão efetivos.

Jogadores como Redmond e Tadic foram bem. Só fazer gol não é tão importante, mas sim ajudar o time em campo. Ambos os jogadores contribuíram bastante, principalmente ofensivamente. O jovem inglês em 50 jogos marcou oito vezes, mas sua correria e entrega nos jogos, foi muito bem aplaudida. Tanto até que foi recompensado com sua primeira convocação para a seleção principal da Inglaterra.

Quem despontou

Resultado de imagem para boufal
Boufal, o jogador que valeu a pena? (Foto: Daily Star)
Vindo do Lille no início da temporada por 19 milhões de euros, Sofiane Boufal era a esperança do Southampton. Após a saída de Mané, o marroquino veio como o jogador mais caro que o clube já contratou. As expectativas logo foram frustradas. O jogador acumulou várias lesões e jogos muito ruins com a camisa vermelha e branca. O jogador tem contrato até 2021 e é notável que seja um bom jogador e que tem habilidade, mas se esperava muito dele. Foi apenas dois gols em 30 jogos, a maioria vinda do banco de reservas.

Quem foi o destaque

Resultado de imagem para manolo gabbiadini
Gabbiadini tem estrela e quase conquistou a EFL Cup (Foto: Daily Mirror)
Vindo do Napoli no meio da temporada, o italiano Manolo Gabbiadini caiu nas graças da torcida. Marcou quatro gols nos seus três primeiros jogos com a camisa do time e na final da EFL Cup, fez dois contra o Manchester United, quase conseguindo o título para os Saints. Quando estava conseguindo uma sequência, veio uma lesão, que o deixou afastado dos gramados. O jogador tem contrato até 2021 e ainda será muito útil ao time. Foram 17 milhões de euros muito bem investidos.

Revelações

Resultado de imagem para josh sims
Josh Sims veio da base e encantou (Foto:ITV.com)
Resultado de imagem para jack stephens
Jack  Stephens veio muito bem após a saída de Fonte (Foto:The Indian Express)
Não foi uma, mas sim duas revelações nessa temporada. O atacante Josh Sims, de 20 anos, subiu para os profissionais, e com muita entrega, garra e velocidade, encantou os torcedores. O jovem jogador mostrou que pode ser muito útil ao Saints. Vale muito a aposta.

No Southampton desde 2011, e com quatro empréstimos seguidos, era a hora de Jack Stephens brilhar. Após a conturbada saída de José Fonte para o West Ham e a lesão de Van Dijk, Puel decidiu apostar no jovem zagueiro com passagens por todas as categorias de base da Inglaterra. E a aposta valeu a pena. Stephens evoluiu muito e junto com Yoshida, formaram uma boa dupla de zaga. Com atuações seguras e com muita raça, ele agora ganhou espaço no bom elenco dos Saints, que ainda trouxe o uruguaio Martin Cáceres, que pouco foi aproveitado.

Falando um pouco mais do uruguaio, os torcedores gostaram de sua estreia e queremos que ele renove seu contrato. Ele não teve muito tempo de jogo para mostrar o seu valor, mas vale o investimento sim. O principal será tentar segurar o forte assédio dos grandes por Van Dijk, mas não vejo tantos problemas para a nossa zaga. Van Dijk, Yoshida, Stephens, Cáceres e Florin Gardos.

TEMPORADA 2017/2018

- Como já dito acima, a prioridade é manter Van Dijk. Times como Chelsea e Manchester City já demonstraram interesse no holandês. Sua multa é estipulada em quase 50 milhões de libras.

- Precisamos de um meia que saiba organizar as jogadas. Conforme várias fontes inglesas, o meia Gylfi Sigurdsson, do Swansea City, poderá vir para o clube. O time do País de Galês não fez uma boa temporada, o que pode facilitar a sua saída. O Islandês, segundo o site especializado em transferências de jogadores Transfermarkt, está avaliado em 20 milhões de euros.

- Puel fica ou não? Infelizmente não sabemos. Sabemos da sondagem que os Saints fizeram com Marco Silva (Hull City, que foi rebaixado) e Carlos Carvalhal (Sheffield Wednesday). Pessoalmente, não vejo nenhum dos dois melhor que o francês. Se for para trazer algum, é melhor ficar com Puel. Só que ele está em uma relação de amor e ódio com a torcida e também, escala mal o time e não sabe mexer muito bem no time em certas ocasiões, mas também para um primeiro ano de trabalho em uma liga diferente, ter ficado em oitavo lugar e ter chegado a uma final de copa, foram resultados consideráveis.

- Segundo o jornal britânico "The Sun", o Southampton, junto com Everton, Arsenal e West Bromwich estão interessados na contratação da promessa nigeriana Henry Onyekuru, que joga no KAS Eupen, da Bélgica. O jogador de 19 anos marcou 20 gols nessa temporada. Sua multa é estipulada em 6,8 milhões de libras.

Obrigado Southampton! Voltamos sempre mais fortes!

WE MARCH ON - João Eduardo Gurgel

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.