Header Ads

Vitoria importante no Morumbi

O tricolor jogou nesta segunda-feira com muita pressão em cima do Ceni pela sequencia de resultados negativos e o tricolor conseguiu sua primeira vitoria no Brasileirão em uma apresentação que deu para o gasto.

Confesso que já esperava alguma mudança na formação do time em relação aos jogos anteriores. Estava certo e Ceni promoveu a entrada do Lugano no lugar do Maicon e Cicero voltou ao time titular, participando da jogada do primeiro gol.  O tricolor começou bem tomando as iniciativas do jogo e logo marcou o primeiro gol. Quando todos acreditavam que seria uma partida tranquila diante do fraco Avaí, com muitos erros de passe e falta de domínio do meio campo o SP viu o adversário crescer na partida e complicar o jogo. Cueva, com um pouco mais de mobilidade e ainda muito longe da sua capacidade, não conseguiu ditar o ritmo do jogo, fazendo com que o tricolor dependesse dos lançamentos do Lugano e das correrias do volante Thiago Mendes.  No final, Thiago Mendes saiu machucado e deu lugar ao Thomáz, Cueva deu lugar ao Joao shimit e Marcinho deu lugar ao garoto Luiz Araújo.   O São Paulo no contra ataque conseguiu ampliar o marcador com ótima jogada individual e fominha do Luiz Araújo.

Thiago Mendes que ferrou meu cartola, saiu com uma entorse no joelho e nos preocupa bastante.  A lesão do volante, aliás, mostra a fragilidade do elenco. Thomáz é meia. João Schmidt sairá em um mês. Wesley e Araruna estão machucados. O São Paulo precisa reforçar o setor mais importante de uma equipe de futebol, ainda mais que se propõe a jogar como a de Ceni.

Mais importante que jogar bem, o momento agora é de ganhar, somar pontos e afastar a mídia para que nosso limitado e pequeno elenco consiga trabalhar tranquilamente sem pressão. Sábado tem o Palmeiras no Morumbi. Parada duríssima, mas certamente o estádio Tricolor vai contar com mais que o dobro dos 12 mil guerreiros que enfrentaram o frio e o trânsito paulistano deste início de semana.

Foto: Marcello Fim
Nota dos personagens da partida:

Renan Ribeiro - Apesar de algumas saídas estranhas, foi pouco acionado e não comprometeu. Nota: 6,0

Buffarini - Se propôs a defender e foi muito bem hoje. Nota: 7,0

Lugano - Garra é com ele mesmo. Deveu em campo? Não. Nota: 7,0

Rodrigo Caio - Bem em campo, desarmando e saindo para o jogo. Nota: 7,0

Junior - Bom primeiro tempo. Apagou na segunda etapa. Nota: 5,5

Jucilei - Tem me impressionado a cada jogo. Puta jogador! Nota: 7,5

Cícero - Muito bem no primeiro tempo participando do primeiro gol. Na segunda etapa ‘morreu’. Nota: 5,5

Thiago Mendes - Apesar de ferrar meu cartola, Vinha fazendo boa partida até se contundir. Preocupa. Nota: 6,0

Cueva - O pior em campo. Muito aquém do meia decisivo que é. Nota: 4,5

Marcinho - Melhor no primeiro tempo. Sumido na segunda etapa. Nota: 5,5

Lucas Pratto - Gol importante e luta. Joga ‘sozinho’ no ataque. Nota 7,0

Thomáz - Entrou no segundo tempo na ponta e depois foi para o meio. Nota: 5,5

Luiz Araújo - Ótima participação e gol importantíssimo. Nota: 9,0

João Schmidt - Sem nota.

Rogério Ceni - Falta muito para essa equipe dar a liga, mas a vitória tira um enorme peso das costas dos jogadores e dele também, por que não? Precisa de dois ou três reforços para melhorar a qualidade da equipe titular, mas também precisa exigir dos que estão mais proximidade, vibração e envolvimento dentro do jogo. O São Paulo de Ceni está desinteressante. Se o Avaí fosse um pouco melhor… Nota: 5,5

Bruno Cerqueira

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.