Header Ads

West Ham 0-4 Liverpool: chutamos o balde

Sem pretensões na Premier League, o West Ham foi massacrado no Olímpico de Londres pelo Liverpool  nesse domingo (14), tomando 4 a 0, em um jogo patético. De novo, vimos à defesa falhar, o que não vinha acontecendo há algum tempo. Bilic novamente utilizou o esquema com três zagueiros, repetindo as escalações dos jogos anteriores. O time foi a campo com: Ádrian; José Fonte, Reid e Collins; Byram, Edimilson Fernandes, Nordtveit, Aaron Cresswell e Manuel Lanzini; André Ayew e Calleri.

O jogo começou bem agitado. Byram, aos 6 minutos, recebeu uma bola na direita livre, mas acabou chutando para fora. Mas, ficaria por aí e logo depois começaria o ataque total dos Reds: Cinco minutos depois, após cobrança de escanteio, o zagueiro Joel Matip acertou uma bola na trave.

Com um jogo morno depois, Milner quase meteu um golaço. Cortou para o meio, cortou José Fonte e chutou de canhota para a defesa do espanhol Ádrian. Antes do gol, Coutinho cortou todo mundo e chutou para fora. Com esse massacre, saiu o gol do Liverpool na falha da defesa: Phillipe lançou uma bola rasteira pelo meio da zaga, e Sturridge sozinho dribla Ádrian e marca o gol. Depois disso, apenas um gol perdido sem goleiro por André Ayew. 

(Foto: Reprodução/West Ham)
Na volta do 2º tempo, uma blitz. Aos 2 minutos, Lallana escorou para Sturridge, que chutou de direita para a defesaça de Ádrian, que no rebote, fez outra defesa em chute do Lallana. Com 12 minutos de jogo, saiu o segundo gol do Liverpool, uma bola rebatida por Collins e Wijnaldum pegou de primeira na entrada da área, e a bola bateu no travessão. No rebote, Reid afastou errado a bola de cabeça, Phillipe Coutinho passou pelo próprio e pelo Fonte e chutou a bola no canto direito. 0x2 para os visitantes.

Sentimos o golpe, e tomamos mais um quatro minutos depois. Em uma tabelinha de Wijnaldum para Coutinho, o brasileiro passa fácil pelo zagueiro galês e marcou o terceiro com um chute forte. Com 20 minutos, Origi colocou mais uma bola no travessão. O West Ham simplesmente não havia voltado por jogo.

Com 30 minutos de jogo, Sturridge recebeu uma bola na ponta direita, passou por Cresswell e tocou para Lallana, que chutou na marca do pênalti para a defesaça de Ádrian. No rebote, Wijnaldum chutou errado e Origi, sozinho, empurrou para o fundo da rede. 0x4 para o Liverpool, que jogou muito por sinal.

Para fechar essa pífia Premier League, enfrentaremos o Burnley no dia 21, no Turf Moor.

ESPECULAÇÕES E NOVO CONTRATO

- O atacante inglês Michail Antonio, o maior destaque dos Hammers na temporada, assinou um novo vínculo com o clube até 2021. Boa notícia para a gente.

- O meia-atacante da base do Barcelona, Jordi Mboula, está na mira do WHU. A multa dele é de 4 milhões de Euros (cerca de 13 milhões de reais). Benfica e Monaco na disputa do jovem jogador, que é visto muito como o sucessor do Neymar no clube.

- O atacante mexicano Raúl Jiménez, jogador do Benfica, pode reforçar o West Ham na próxima temporada. Com uma multa de 60 milhões de Euros, os Hammers podem pagar metade desse valor para levar o ex Atlético de Madrid a Londres.

- Nesse fim de semana, tiveram as premiações da temporada do West Ham. Entre os prêmios, Domingos Quina ganhou como melhor jogador da categoria de base, Michail Antonio como melhor jogador da temporada, Edimilson Fernandes como a melhor contratação da temporada, Andy Carroll com o gol mais bonito - contra o Crystal Palace - e Darren Randolph com a melhor defesa, contra o Liverpool.

Por: Guilherme Pacheco / @PachGuilherme

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.