Header Ads

A saga do camisa 9 rossonero


Mesmo antes da abertura oficial do mercado de transferências Fassone e Mirabelli têm desempenhando um trabalho digno de elogios, não apenas no quesito qualidade dos nomes envolvidos, mas também pelos bons valores dos negócios, em especial nos casos de Musacchio e Ricardo Rodriguez.

O único problema é que para a função "homem gol" o mercado se mostra inflacionado, eu diria absurdo, e dessa forma será difícil encontrar uma solução gastando pouco, pensando nisso, decidi fazer uma análise dos nomes especulados até o momento, levando em consideração além dos fatores técnicos, as questões financeiras que envolvem cada jogador.


O 9 com cara de 10


Fonte: The Telegraph

A nossa camisa 10 anda triste, precisa de alguém que faça tremer os adversários, um mágico, um matador, um Ibrahimovic. Ele está lesionado e volta apenas em janeiro? Ele é agenciado pelo Raiola? E daí?! De todas as opções ele é de longe a mais barata, ainda que seus salários estejam em torno dos 11 milhões de euros, um contrato de dois anos faria com que o clube gastasse 22 milhões diluídos em 24 meses. Pouco para quem é uma das referências de sua geração e tem um dos maiores potenciais de marketing do futebol mundial, certamente o clube arrecadaria muito mais do que o valor investido, além da indiscutível qualidade e da possibilidade, em virtude da economia, de se contratar outro grande nome para jogar ao lado do sueco.


O 9 dos sonhos 


Fonte: TalkSports

Milanista, raçudo, fã de Sheva, e claro, matador. Essas são as credenciais da menina dos olhos desse que vos fala. Artilheiro do último campeonato italiano e figura carimbada nas convocações da seleção italiana, o Gallo tem, além do faro de gol, muitas outras virtudes que o tornam um atacante completo. Os problemas? O preço, já que o Torino pede 100 milhões de euros, a concorrência de clubes Manchester United e Chelsea que ajudam a inflacionar a pedida pelo jogador e a possibilidade de se tornar um "novo Immobile", que da mesma forma saiu do Torino cheio de expectativas após ser artilheiro do italiano, mas que hoje apesar de bom atacante, nem de longe atingiu o nível que se esperava dele. Quanto aos valores, penso que o Milan tem uma boa chance de baixar a pedida envolvendo jogadores que não serão aproveitados mas que seriam bons valores para o Torino.  


O "segundo" 9 dos sonhos


Fonte: Domínio de Bola


Com um perfil de certa forma semelhante ao do Gallo, mas com carreira internacional já consolidada temos o "brasileiro" Diego Costa. Seu histórico dispensa apresentações e em litígio com Antônio Conte, que o avisou via SMS que não faz parte dos planos para a próxima temporada, o jogador passa a ser uma das melhores opções do mercado, já que o gesto do treinador do Chelsea unido à proximidade do término do contrato são fatores que diminuem consideravelmente o preço do jogador. A equipe londrina que esperava receber em torno de 50 milhões de euros pelo jogador, pode ser obrigada a cedê-lo por valores bem menores. 

Boas apostas


Fonte: Record PT


Dois jogadores jovens despontam como candidatos a futuros goleadores da Europa, um já conhecido internacionalmente, o outro surge como grande promessa, Morata e André Silva, respectivamente. 

O espanhol vem de ótima temporada no Real Madrid, e embora não tenha sido titular teve números expressivos na temporada. Pesam contra o jogador merengue o alto valor pedido, na casa dos 75 milhões de euros, a concorrência do Manchester United, com o Mourinho vendo o jogador como nome ideal para substituir Ibrahimovic e a identificação com a rival Juventus, com o jogador tendo chamado o rival de Turim de sua segunda casa, alguns torcedores não perdoam esse tipo de declaração. 

O português teve boa temporada, marcando 16 gols e dando 5 assistências na liga portuguesa e 5 gols na Liga dos Campeões, além de consolidar sua posição na seleção. Apesar de números "não tão excepcionais" em se tratando de uma liga hoje de segunda linha, é um jogador com bom recurso técnico e que é capaz de jogar longe do gol e cair pelas pontas, um perfil que agrada o Montella, além de ter muita margem para evolução. 

Bom, mas supervalorizado


Fonte: Portal Terra

Rápido, aliás, muito rápido, um dos maiores velocistas do futebol mundial. E vem de duas temporadas goleadoras com a camisa do Borussia Dortmund, ficando à frente do grande Lewandowski na artilharia do campeonato alemão. Você deve se perguntar o porquê de colocar um jogador como esse na categoria "supervalorizado". Explico. O considero um bom jogador, foi notória a sua evolução nas últimas duas temporadas, mas frente ao número de gols que perde em momentos decisivos da temporada e o sumiço em grandes jogos, acho absurdo os 70 milhões de euros pedidos pelo clube alemão.

Não, obrigado.


Fonte: TalkSports


Kalinic e Lacazette entram na categoria "meia boca". O croata não é sequer o melhor jogador da Fiorentina que tem pretensões mais modestas, não seria ele a nossa solução, ainda mais custando 30 milhões de euros. 

O francês tem bom recurso técnico e é veloz, teve ótimos números na Campeonato Francês e Liga Europa, há quem defenda sua contratação por ter ido bem em um cenário semelhante ao que o Milan terá esse ano, mas já não é um garoto (26 anos), e nunca foi capaz de dar o salto na carreira. Você pode se perguntar por que acho o André Silva uma boa aposta e o Lacazette não, sendo que ambos têm perfis parecidos e o francês se mostrou mais goleador no último ano. Respondo. O português é cinco anos mais jovem, já atua no cenário internacional e defende uma camisa muito mais pesada, além de ter muita margem para evolução. 

E você, qual o seu preferido para ser o homem gol rossonero?

Por Gil Costa - @gilmarcostatp

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.