Header Ads

América/MG 1 X 0 Ceará: O martírio do ataque Alvinegro

Ceará produziu pouco, falhou na defesa e perdeu para o América/MG por 1 a 0 no Estádio Independência. Em temporadas anteriores o nosso calcanhar de Aquiles era a defesa, já em 2017 a situação é inversa, o problema do time é o meio-campo e ataque. Em mais uma partida na Série B o time Alvinegro criou pouco, mesmo estando em vantagem numérica por quase toda segunda etapa.

Ceará segue com suas deficiências ofensivas em 2017. FOTO: Ramon Lisboa / D.A PRESS
Finalmente Givanildo abriu mão do esquema 4-3-3 e escalou Felipe Menezes e Pedro Ken juntos no meio campo. Inicialmente parecia que as mudanças realizadas dariam o resultado esperado, aos 4 minutos Pedro Ken cruzou e a cabeçada de Magno Alves parou no goleiro João Ricardo. Pronto, foi essa a única chance de gol criada pelo Ceará, enquanto o América teve duas, a primeira com Bill e a segunda com o zagueiro Rafael Lima, além do lance fatal do jogo, aos 36 minutos Luan sozinho aproveitou o cochilo da defesa e marcou o gol do time mineiro.

No segundo tempo, o time de Givanildo evidenciou ainda mais a sua deficiência ofensiva, mesmo jogando boa parte da etapa complementar com um jogador a mais o vovô chegava apenas em chutes de fora da área (sendo esses arremates do zagueiro Rafael Pereira). Por fim, as últimas esperanças do empate cearense foram por água abaixo quando Pedro Ken foi expulso.

A ladainha continua, o ataque do Ceará é pouco abastecido e ainda desperdiça as raras oportunidades que aparecem. Não adianta mudar esquema, hoje essa mudança do 4-3-3 para o 4-4-2 parece ter prejudicado o futebol do atacante Roberto, um dos destaques da equipe pouco fez na partida.

Decide Givanildo: O que Magno Alves é nesse time? É ponta ou centroavante (posição que ele mesmo já disse não gostar de jogar)? A queda de rendimento dele segue jogo a jogo e infelizmente atrapalha o já atrapalhado ataque alvinegro. 

O capitão Magno Alves não vive um bom momento, nos últimos 6 jogos nenhum gol marcado. FOTO: Ascom América
Reforçar é necessário e há muito tempo, enquanto a diretoria segue o namoro com o tal meio campo, a linha de frente fica cada vez mais dependente de Roberto e dos lampejos de Magno Alves. Resta-nos torcer que finalmente Ricardinho tenha condições físicas para atuar e que entre nesse time e ajude, pois ele continua sendo a grande esperança do torcedor.

O ataque que já não é essas coisas ainda pode perder o atacante Elton que saiu lesionado do jogo, o atleta será avaliado pelo departamento médico nesta quarta-feira. É a tal da praga da camisa 99, os últimos dois atacantes que a vestiram, causaram muita raiva ao torcedor, que Elton não seja mais um.

No mais, nem a tão sólida defesa hoje resolveu a parada, falhou feio no lance do gol, deixaram o atacante Luan sozinho. Vale ressaltar que os dois gols que o Ceará tomou na competição foram em duas falhas defensivas.

No lance do gol do América a defesa alvinegra ficou parada. FOTO: Mourão Panda. 

Próximo Jogo

O Ceará volta a campo no próximo sábado 10/06 às 16h30min para enfrentar o Brasil/RS no estádio Bento Freitas.

FICHA TÉCNICA

AMÉRICA/MG 1 X 0 CEARÁ

AME: João Ricardo, Norberto, Rafael Lima, Messias, Ernandes, William, Zé Ricardo, Gerson Magrao, Ruy, Luan  (Hugo Cabral) e Bill (Rafael Jatai). T: Ederson Moreira

CEA: Everson, Cametá, Rafael Pereira, Luis Otávio, Romário, Raul, Richardson (Alex Amado), Felipe Menezes (Elton/Wallace Pernambucano), Pedro Ken, Roberto e Magno Alves. T: Givanildo Oliveira

CARTÕES AMARELOS: AME: Zé Ricardo  / CEA:  Raul, Richardson e Alex Amado.
CARTÕES VERMELHOS: AME: Zé Ricardo  / CEA: Pedro Ken
GOLS: Luan (36 1T)

Davi Maia | @davims

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.