Header Ads

Bangu decepciona em Moça Bonita e tem sua primeira derrota na competição

Nesse domingo (4), pela 3ª rodada da Série D do Campeonato Brasileiro, o Bangu recebeu hoje o Desportivo Ferroviário no Estádio Proletário Guilherme da Silveira, o Moça Bonita, em partida válida pela fase de grupos. Líder isolado do grupo A13, o alvirrubro conheceu a sua primeira derrota desde o início da competição, perdendo de 1x0 para o time capixaba. O time carioca segue em primeiro do grupo, com seis pontos, seguido do Desportivo Ferroviário e Villa Nova (MG), ambos com quatro pontos, e a lanterna Portuguesa, com apenas três.

Partida entre Bangu e Desportivo Ferroviário, pela 3ª rodada da série D | Foto: Globo Esporte/Reprodução
Com um público de 1.744 presentes e um calor típico do bairro da zona oeste do Rio de Janeiro, a partida precisou ser interrompida logo no início, já que os jogadores começaram a sentir e precisaram de alguns minutos para se hidratarem. Após o apito, era possível perceber a disparidade na postura das duas equipes. O anfitrião, que entrou na defensiva, teve que buscar oportunidades em meio às jogadas ofensivas do time visitante, que visava a vitória a todo custo para seguir com chances de classificação.

O segundo tempo seguiu da mesma forma, com destaque para o goleiro Jefferson, do Bangu, que fechou o gol e realizou defesas difíceis em finalizações de Rodrigo Lacraia e Thiago. O time carioca tentou aproveitar as chances nos contra-ataques e até chegou a assustar, mas sem sucesso nos lances de perigo de Danielzinho e Guilherme. O gol veio apenas nos acréscimos, quando Weldon recebeu um passe de Thiago e encontrou espaço na zaga para finalizar de forma certeira, garantindo os três pontos importantíssimos para a equipe capixaba.

O próximo confronto dos dois times será no próximo sábado, quando dessa vez o Desportivo Ferroviário receberá o Bangu no Estádio Engenheiro Araripe, em Cariacica, às 15h. A outra partida do grupo A13 será entre Portuguesa e Villa Nova (MG), no mesmo dia, no Estádio do Canindé.

Escalação:

Bangu: Jefferson, Hudson, Cleidson, Walter e Guilherme (Leonardo Jesus); Willian, Hygor Guimarães, Luciano Naninho (Marlin) e Danielzinho (Almir); Léo Bahia e Daniel Bueno.

Desportiva Ferroviária: Felipe, Sorriso, Rafael Olioza, Rodrigo Lacraia e Erick Daltro; Caetano, Thiago, Zizu e Madison (Weldon); Paulo Vitor (Teco) e Marco Morgon (João Vitor).

Representatividade na arquibancada

O destaque da partida ficou para as torcidas de ambos os clubes, que marcaram presença e fizeram a diferença no apoio às suas equipes. A torcida Castores da Guilherme, barra brava do Bangu, como sempre estava presente em sua casa, com suas faixas, bandeiras e materiais. Já a torcida Grenamor, a barra brava do Desportivo Ferroviário, fez questão de viajar do Espírito Santo até o Rio de Janeiro para que pudesse acompanhar de perto a partida de grande importância para o andamento de seu clube. Com cerca de 30 pessoas, eles estavam presentes com seus trapos e materiais próprios, fazendo uma grande festa após a vitória.

A barra brava Grenamor, do Desportivo Ferroviário, presente na partida. Foto: Globo Esporte/Reprodução 
Castores da Guilherme, a barra brava do Bangu | Foto: Fanpage Castores da Guilherme/Reprodução

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.