Header Ads

O amargo adeus à Série D

À noite no Estádio Proletário Guilherme da Silveira, o Moça Bonita, terminou com gosto amargo e bem diferente do esperado. O anfitrião Bangu, que buscava a todo custo à vitória na última rodada da primeira fase para seguir vivo na Série D do Campeonato Brasileiro, só conseguiu o empate de 1x1 contra o Villa Nova-MG, chegando apenas aos oito pontos. O time carioca terminou a fase em 3º lugar no Grupo A13, dando adeus precocemente à competição.

Confronto entre Bangu e Villa Nova-MG pela última rodada da primeira fase da Série D | Foto: Emerson Pereira
O local, que contou com obras de reforma em seu setor de iluminação recentemente, recebeu uma partida em horário noturno após 13 anos, além do público determinado a apoiar o time alvirrubro carioca. O jogo começou intenso para ambas as equipes, mas o time anfitrião assistiu o visitante abrir o placar ainda aos 12 minutos do primeiro tempo, em uma cabeceada de Rafael Freitas após o escanteio de Bruno Moreno, abrindo vantagem para o Villa Nova-MG.

Já na segunda etapa, o Bangu foi a campo com uma postura confiante para lutar pelo resultado até o fim. As dificuldades foram marcadas pelas poucas jogadas ofensivas, já que o time mineiro atuou na maior parte do tempo se defendendo para manter o resultado. A equipe carioca conquistou o empate apenas aos 20 minutos, em uma cabeceada certeira de Marlon. O placar seguiu em 1x1 até o apito final, eliminando assim o time da casa, a quem só interessava a vitória.

O Grupo A13 terminou classificando o Villa Nova-MG, líder, com nove pontos e o Desportiva Ferroviária, em segundo lugar, com oito pontos. Além do Bangu, que terminou a chave na terceira posição, a lanterna Portuguesa também está fora da competição.

Escalação:

Bangu: Jefferson, Magno Nunes, Cleidson, Anderson Penna, Guilherme, Willian, Hygor, Raphael Augusto, Léo Bahia, Rogerinho e Daniel Bueno

Villa Nova: Renan; Nequinha, Otávio, Rafael Freitas e Marcelo; Elias, Paulo Vitor e Bruno; Carrara, Jhonatan Megson e Douglas.

Copa Rio à vista

O time voltará a marcar presença nos gramados já no dia 12 de julho, dessa vez pela Copa Rio. A equipe enfrentará o Serrano, em Petrópolis, pela primeira fase da competição. Apesar da dor da eliminação, o time segue em frente sonhando com os próximos desafios e com foco total em seus treinamentos. Mesmo com as dificuldades enfrentadas na temporada, ninguém tira a grandeza e a história do tradicional alvirrubro carioca, que conta com o apoio incondicional da sua torcida nas suas futuras buscas por títulos. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.