Header Ads

Perdemos a invencibilidade

Na tarde deste sábado (24), o Rubrão foi enfrentar o Ceará em Fortaleza. O jogo foi realizado no estádio Presidente Vargas, onde o Oeste tinha boas recordações, já que em 2012 fez a sua festa de acesso ali mesmo. O clube achou que seria fácil jogar lá, mas as memórias contra o Fortaleza, acabaram não influenciando na partida. Encontrar o gol fácil não seria fácil, visto que dessa vez era o Ceará o mandante.

A primeira chance, da partida foi com o mandante. Aos 4’ do primeiro tempo, Rafael Carioca cobrou falta, Valdo cabeceou sozinho e Rodolfo fez a defesa. A primeira finalização do Ceará na partida nos levava a crer que Rodolfo faria uma grande atuação novamente, mas não foi o que aconteceu.

Créditos: Lucas Moraes
Aos 17’, o alvinegro cearense pressionava o Oeste em busca do primeiro gol. Este que já podia ter saído há algum tempo. Rafael Carioca recebeu na entrada da área, ajeitou e soltou uma bomba, a bola desviou em Lídio e explodiu no travessão. No lance seguinte, o gol veio. Numa belíssima jogada de escanteio, o zagueiro apareceu livre próximo da marca do pênalti e finalizou sozinho para o fundo do gol.

Foi aí que aconteceu um apagão, o Rubrão ainda estava se recuperando do “baque” do primeiro gol, quando aos 22’, o time da casa ampliou. Raul recebeu pela direita, fez o cruzamento e Pedro Ken (em posição de impedimento) antecipou o defensor e cabeceou, fazendo 2x0 para o Ceará. O Rubro-Negro sentiu muito esses dois gols tomados bem no começo do primeiro tempo, o time achou a volta de Mazinho melhoraria o time, porém ele estava sem ritmo algum.

Aos 44’, a derrota se sacramentou, quando Magno Alves tentou a finalização e a bola sobrou para Rafael Carioca, que soltou uma bomba, no ângulo, sem chance para o goleiro Rodolfo. Sendo o terceiro gol da partida.

Achamos que o Vozão iria partir para cima no segundo tempo, mas eles respeitaram o manto sagrado Rubro-Negro depois de ter derrotado o Fortaleza nesse mesmo estádio...

Próximo jogo do Oeste: O time enfrentará o Santa Cruz, no mesmo horário e no mesmo dia, na Arena Barueri.

PÚBLICO E RENDA
5.697 pagantes
R$ 45.048, 00

#ForçaRubrão!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.