Header Ads

Sonolento em campo e no placar

Na noite do último sábado (17), o Tigrão foi até o Sul onde enfrentou o Brasil de Pelotas, no Bento Freitas. Cansado devido o mal planejamento da diretoria Colorada, o Vila Nova sonolento em campo foi goleado pelo Brasil de Pelotas por 3x0. Um placar nada agradável.

A diretoria Vilanovense queria economizar trazendo a equipe de Manaus após um jogo bem disputado na terça- feira passada a Goiânia. Chegando em Goiânia na quarta e viajou dois dias depois. 


Sem descanso a equipe pegou vôo até o Sul onde enfrentou 12 horas de viagem. O barato que saiu caro. Se tivesse ido direto para o Sul quem sabe o rumo da partida teria sido diferente.


Brasil de Pelotas 3x0 Vila Nova. (Foto: Reprodução / Carlos Insaurriaga).
O Vila não foi o mesmo em campo ou melhor o Vila Nova não entrou em campo. E sem levar perigo nenhum ao goleiro adversário a equipe se quer deu um chute em direção à ele. Mas quando não é o dia, nada vem como se espera não é mesmo? Além de jogar mal para completar o Tigrão ainda teve um jogador expulso.

De três das muitas falhas da defesa vieram os gols. A equipe do Brasil teve paciência é inteligência para quebrar a defesa do Vila. Jogaram no erro do adversário é o Vila se rendeu a isso.

A primeira etapa ia se encaminhando para o fim quando a equipe da casa resolveu jogar. Aos 42' Lincom aproveitou que PH perdeu a bola, na entrada da área o atacante não desperdiçou e sem dar chances de defesa ao goleiro Wendell abriu o placar, 1x0 Brasil.

De volta para o segundo tempo Vila já de cara não teve nada o que comemorar, Maguinho que já havia recebido o amarelo no primeiro tempo. No primeiro minuto da segunda etapa o lateral fez uma falta dura e recebeu o segundo amarelo na sequência o vermelho. Complicou de vez a vida do Vila Nova na partida.

Brasil voltou o mesmo do intervalo, do outro lado com um a menos o Tigrão se perdeu ainda mais. Sem ameaçar o adversário
, o Vila viu o Brasil abrir vantagem aos 26' da etapa final. Lincom novamente recebeu e tocou cobrindo o goleiro Wendell, 2x0 Brasil. 

Tigrão sentiu a expulsão, com dificuldade para criar o Vila apenas se defendia. Não adiantou muito. No acréscimos, a equipe da casa aproveitou uma cobrança de falta para liquidar de vez a partida. Rafinha na cobrança bateu direto para o gol, 3x0 Brasil. Vila termina a partida sem levar perigo ao gol do goleiro Eduardo Martini.

Apesar da derrota, o Vila permaneceu na terceira colocação com seus 14 pontos. O G-4 que não houve alterações pelo fato de nenhuma equipe ter vencido. A próxima batalha do Tigrão é na terça-feira (20), onde recebe a equipe do Ceará, em Goiânia no estádio Serra Dourada às 21h30.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.