Header Ads

Com nova falha defensiva, Chapecoense empate e segue sem vencer no Brasileirão

Foi uma semana conturbada, depois de empatar na última segunda-feira (3), contra o Fluminense por 3x3, o técnico Vagner Mancini acabou demitido no dia seguinte, o time acumulava 8 jogos, com seis derrotas, um empate e apenas uma vitória e a pior defesa da competição.
Foto: Sirli Freitas/Chapecoense

Depois de muitas especulações, Vinícius Eutrópio foi confirmado como novo técnico do Verdão, o treinador volta ao clube depois de ter trabalhado em 2015, com um aproveitamento de 51%. Eutrópio que chegou na quinta-feira, realizou três treinamentos mas não pode comandar a equipe deste domingo (9) contra o Atlético Paranaense do banco de reservas, a justificativa é problemas com a documentação.

Comendado por Emerson Cris no duelo contra o Furacão, Apodi que voltou de suspensão voltou ao time titular, outras duas alterações foram feitas em relação ao time que iniciou o duelo contra o Fluminense, Rossi que acabou expulso deu lugar a Seijas, e Vitor Ramos voltando de contusão ganhou a vaga de Fabrício Bruno.

Com a bola rolando, o fantasma que assombra a Chapecoense nas últimas partidas voltou a comparecer na Arena Condá, logo aos dois minutos Jonathan lançou para Sidcley, que fez lindo corte em Seijas e chutou cruzado, sem chances para Jandrei, abrindo o placar.

O gol fez a Chapecoense acordar, e mandar na primeira etapa, a pressão iniciou aos 10 minutos, Arthur cruzou na cabeça de Wellington Paulista que mandou por cima da meta de Weverton. Aos 16 minutos a pressão teve resultado, após cobrança de falta de Reinaldo, Sidcley desviou e a bola caiu nos pés de Lucas Marques que chutou forte estufando as redes do goleiro rubro negro.

O Verdão seguia pressionando, aos 26 minutos quase a virada no placar, Wellington Paulista encontrou Lucas Marques que chutou por cobertura, acertando o travessão de Weverton. O jogo aos poucos ia esfriando, e com o empate no placar as equipes foram para os vestiários,

A Chapecoense voltou para a segunda etapa sem alterações, já o Furacão voltou sem Matheus Rossetto que deu lugar a Eduardo Henrique. No gramado o jogo seguiu no ritmo do primeiro tempo, com o Verdão pressionando desde o inicio, logo aos 3 minutos Arthur arriscou de longe, Weverton espalmou na primeira e depois no rebote de Seijas outra vez.

A rede balançou aos 8 minutos, quando Sidcley cruzou, a bola passou por Douglas Coutinho e sobrou para Ederson mandar para o fundo das redes, porém a arbitragem já parava o lance, marcando impedimento de Coutinho.

Aos 18 minutos um lance polêmico, Apodi arrancou em velocidade e foi derrubado na área por Wanderson, o árbitro mandou seguir, pênalti claro não marcado a favor da Chapecoense. Aos 26 minutos Jandrei operou um milagre na Arena Condá, agora foi a vez de Douglas Coutinho arrancar em velocidade e sair cara a cara com o goleiro do Verdão, que cresceu e fez grande defesa.

O relógio corria e era mais um adversário para a Chapecoense, Emerson Cris tentou de todas maneiras dar mais gás a equipe, tirou Lucas Mineiro e lançou Lourency a campo, em seguida sacou Apodi para volta de Moisés Ribeiro, mas em nada mudou.

Com o empate em 1x1, a Chapecoense segue sem vencer, na 15° colocação na tabela, a três pontos da zona de rebaixamento. O Verdão volta a campo na próxima quinta-feira (13), quando viaja até Recife para enfrentar o Sport, às 19h30min, na Arena Pernambuco, o jogo marcará a volta de Eutrópio no comando do clube no gramado.


Marcelo Weber || @acfmarcelo

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.