Header Ads

O sal grosso que funciona! Pratto marca e São Paulo volta a vencer

Com recepção calorosa e sal grosso, São Paulo bateu o Vasco no Morumbi.

(Globoesporte.com)
 A torcida são-paulina acordou com a notícia da volta de Hernanes, recepcionou o time com uma bela festa, jogou sal grosso no estádio e comemorou vitória após 9 rodadas sem saber o "gostinho" dela.

 "Com o raiar de um novo dia, a profecia se cumpriu: Torcida são-paulina, @hernanes voltou #OProfetaVoltou...", foi a mensagem escrita pelo São Paulo nas redes sociais, às 7h30 de quarta (19/07), junto, uma foto do Hernanes com a camisa do clube, e no fundo uma sombra com #15, referência ao número da camisa que ele utilizará, a mesma que vestiu em 2008, quando foi escolhido melhor jogador do Brasileiro. Após sete anos, Hernanes está de volta por empréstimo de uma temporada.

A torcida já estava fazendo planos para uma boa recepção, já que a situação não é boa, a torcida sabe que precisava apoiar, e depois da contratação do Hernanes, os nervos se afloraram ainda mais, e a recepção foi calorosa. Além de jogarem sal grosso em toda volta do Morumbi para tirar a "maré de azar" do time (ato realizado em 2013, ano em que o São Paulo estava em uma situação parecida que a desse ano).

São Paulo entrou em campo com o mesmo time dos últimos jogos, a única diferença foi a opção de Edimar no lugar de Júnior Tavarês (que não vinha fazendo bons jogos). Já os outros seguiram os mesmos, inclusive Nem, muito criticado pela torcida, foi titular e saiu ainda no 1º tempo sentindo lesão no ombro.

O Tricolor começou elétrico como uma profecia. Aos 2' fez o gol. Cueva achou Pratto e o argentino, fez o que ele sabe fazer de melhor e marcou o único gol da partida. O Tricolor ainda teve chances com Nem, Marcinho, Pratto e Cueva, mas todas foram desperdiçadas. Vasco voltou melhor na 2ª etapa, acionando mais o goleiro Renan, fazendo até com que Rodrigo Caio tirasse uma bola de cima da linha. Mesmo com alguns sustos, o Tricolor conseguiu segurar o placar.

Entretanto, o São Paulo ainda não saiu da zona de rebaixamento, estando em 16º com 15 pontos. Na próxima rodada recebe o Grêmio, segunda-feira (24/07), às 20h.

FICHA TÉCNICA

Local: Estádio Cícero Pompeu de Toledo, Morumbi - São Paulo
Gols: Pratto (SAO)
Cartões amarelos: Petros e Jonatan Gomez (SAO); Paulão, Rafael Marques e Thalles (VAS)
Arbitragem: Wagner Reway (MT-Fifa), auxiliado por Fábio Rodrigo Rubinho e Marcelo Grando (ambos do MT)

SÃO PAULO
Renan; Bruno, Rodrigo Caio, Arboleda e Edimar; Jucilei, Petros e Gomez (Cícero); Wellington Nem (Marcinho), Pratto e Cueva (Gilberto). Técnico: Dorival Júnior

VASCO DA GAMA
Martin Silva; Madson, Rafael Marques, Paulão e Ramon; Yago Pikachu (Guilherme Costa), Bruno Paulista (Evander), Jean e Escudeiro; Wagner (Paulinho) e Thalles. Técnico: Milton Mendes

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.