Header Ads

Agora é pra valer

Com dois gols, Lukaku teve um início dos sonhos em Old Trafford. (MUFC/Getty)
Tivemos uma pré-temporada bastante proveitosa nos Estados Unidos com adversários no mesmo potencial nosso e outros bem questionáveis, mas ao fim dos amistosos ficou a sensação de que estamos Indo no caminho certo.

O período de transferências para o torcedor Red Devil é uma das piores épocas do ano, muita especulação e, em qualquer veículo de comunicação que procuramos notícias, encontramos boatos e mais boatos, se o United contratasse metade das especulações faltaria jogadores para os outros times espalhados pelo mundo. Por isso que só acompanho as notícias oficiais do clube e nela vimos a saída de Wayne Rooney para o Everton, deixando o clube órfão de ídolo.

De chegada até agora apenas três jogadores, muito pouco para as nossas pretensões, principalmente se nos lembrarmos que na temporada passada tivemos sérios problemas com falta de jogadores no elenco. Sobre os contratados Lukaku, Matic e Lindelöf chegaram, sem dúvida alguma, para brigar pela titularidade, bons nomes que melhoraram e muito nosso elenco.
Matic foi o cara da partida, dominou o meio de campo defensivamente e ofensivamente. (MUFC/Getty)

Ibrahimovic é um caso à parte, desde o início acredito que ele volta ao grupo assim que tiver condições, e os rumores apontam para isso.

Antes do início da temporada tivemos um bom teste contra o Real Madrid pela recopa europeia, infelizmente não conseguimos a taça, mas o jogo mostrou que quando saímos para o jogo encaramos o campeão da Liga dos Campeões com dignidade e nos deu esperanças de que vamos fazer uma boa competição. Talvez ainda seja cedo para pensar em título europeu, mas com o Special One no comando também não podemos descartar completamente.
Martial deixou o dele e vem mostrando que está temporada promete muito. (MUFC/Getty)

Finalmente a temporada recomeçou e na primeira partida da Premier League 17/18 recebemos em Old Trafford a perigosa equipe do West Ham, que teve uma janela de transferências bem movimentada, e vencemos com uma boa folga. O placar de 4x0 retratou bem nosso domínio em campo, sufocamos os Hammers por toda a partida e saímos premiados com essa bela vitória.

Desde o início do jogo dominamos e esse domínio trouxe de volta fantasmas da última temporada pois estávamos criando, mas não convertíamos as oportunidades em gols, ainda bem que essa sensação não durou muito tempo, aos 33 minutos Lukaku marcou seu primeiro gol pelo Manchester United em Premier League com uma assistência do garoto de ouro Rashford. Ainda criamos outras chances de gol, mas descemos para o intervalo vencendo por 1x0.
Pogba fechou a conta com um gol assinado pela seleção francesa. (MUFC/Getty)

Voltamos para o segundo tempo mantendo o ritmo e logo aos 52 minutos novamente Lukaku manda para o fundo das redes, dessa vez com assistência de Mkhitaryan que repetiu a dose e aos 87 minutos, num passe em profundidade, deixou Martial em condições de marcar, e o francês não perdeu a oportunidade mostrando que vem forte para essa temporada. Aos 90 em jogada da seleção francesa Martial passou para Pogba que encheu o pé e marcou o quarto gol dos Red Devils.

Apesar da grande exibição do belga Lukaku quem roubou a cena foi o também estreante Matic que levou, merecidamente, o título de jogador da partida. O sérvio dominou o meio-campo e num turbilhão de referências me fez visualizar uma mistura de Roy Keane e Paul Scholes em vários momentos da partida.

Vou encerrando por aqui satisfeito com a vitória e principalmente pelo modo que ela aconteceu. Passamos por um adversário perigoso e com autoridade de quem começou a temporada mirando o título, até a próxima rodada e GGMU!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.