Header Ads

Com direito a festa para Neymar e show da torcida, PSG vence na estreia pela Ligue 1

A volta da Ligue 1 para o Paris Saint-Germain não poderia ter sido melhor. Com um espetáculo grandioso para receber Neymar, festa da torcida nas arquibancadas e a vitória de 2x0 sobre o Amiens, o PSG começou oficialmente o Campeonato Francês com o pé direito. Sem o novo reforço em campo, já que não foi possível que o jogador estreasse por conta de questões burocráticas na inscrição da competição, o time venceu de forma tranquila e com grande domínio da maior parte da partida.

O jogo

O confronto entre PSG e Amiens, válido pela 1ª rodada da competição, tinha um gostinho especial para a equipe visitante, já que o clube fazia o seu primeiro jogo na Ligue 1 em toda a sua história. Ainda nos primeiros minutos, o comportamento das equipes já mostrava as suas intenções ao longo da partida, em que o anfitrião entrou com uma postura totalmente ofensiva sobre o adversário.

No primeiro tempo, o PSG dominou e teve cerca de 70% da posse de bola, criando lances de perigo a todo momento. Já o Amiens preferiu adotar uma conduta mais defensiva, buscando jogadas de contra-ataque a partir de falhas do adversário. Mesmo assumindo o controle do jogo, a equipe parisiense perdeu chances claras de gol com Dí Maria e Cavani, mesmo conseguindo encontrar espaço em meio a marcação do rival. O placar abriu apenas aos 44 minutos da primeira etapa, quando Dani Alves deu uma assistência para Cavani, que dominou em meio aos zagueiros e mandou a bola pro gol, abrindo vantagem para o time da casa.

Edinson Cavani, autor de um gol e uma assistência na vitória do PSG sobre o Amiens
 Foto: Thomas Samson / AFP / Reprodução

Já no segundo tempo, o ritmo de jogo continuou da mesma forma, com a equipe visitante evitando ao máximo levar gols na partida. O Paris conseguiu ampliar em um cruzamento de Cavani para Pastore, que apenas empurrou para fazer o segundo gol, confirmando a primeira vitória do time parisiense na competição. Os próximos desafios das equipes serão pela 2ª rodada do Francês, em que o PSG viajará para enfrentar o Guingamp no Stade du Roudourou, no dia 13, e o Amiens receberá o Angers no Stade de la Licorne, no dia 12. 

Escalação:
Paris Saint-Germain: Alphonse Areola, Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva (Presnel Kimpembe), Layvin Kurzawa, Marco Verratti, Javier Pastore, Adrien Rabiot, Edinson Cavani (Gonçalo Guedes), Thiago Motta (Blaise Matuidi) e Angel Di Maria. 
Técnico: Unai Emery 
Amiens SC: Régis Gurtner, Issa Cissokho, Mathieu Bormer, Thomas Monconduit, Prince-Désir Gouano, Khaled Adénon, Oualid El Hajjam, Brighton Labeau, Harisson Manzala (Emmanuel Bourgaud), Tanguy NDombelé(Charky Charrier), Guessouma Fofana
Técnico: Christopher Pélissier 

Apresentação de Neymar e festa da torcida parisiense

A torcida parisiense fez questão de marcar presença e lotar o estádio Parc des Princes para receber o seu mais novo astro: Neymar. O jogador, que fez ontem a sua apresentação oficial na sede do clube, hoje teve seu primeiro contato com os torcedores, sendo ovacionado e aplaudido assim que colocou os pés no gramado de sua nova casa.
Chegada de Neymar em sua apresentação no Parc des Princes
 Foto: Crhistophe Petit / Tesson / Reprodução

Depois do discurso de Nasser Al-Khelaifi, presidente do clube, Neymar foi recebido calorosamente por todo o público presente e deu um show de habilidade com a bola, chegando até a arriscar frases em francês como "Ici c'est Paris"(Isso é Paris) e "Paris est magique"(Paris é mágica), alguns dos lemas do PSG. Além disso, jogador percorreu o entorno do gramado ao lado de 22 crianças que o acompanhavam, levando as pessoas à loucura com bolas em direção às arquibancadas.

No fim do percurso, alguns minutos antes de sair de campo, o astro parou em frente a torcida e apreciou o show que estava sendo feito em sua homenagem, quando o seu nome foi cantado no ritmo da música brasileira "Aquarela do Brasil". Como um jeito de retribuir o carinho recebido, Neymar quebrou o protocolo e jogou a camisa em forma de presente aos novos fãs. "É um dia mágico, para mim está sendo maravilhoso. Agradeço ao carinho da torcida, me arrepiou a todo momento. Estou muito feliz", disse ele ao sair do gramado,em entrevista à imprensa francesa. 

Neymar ao lado de Nasser Al-Khelaifi, o presidente do Paris Saint-Germain
Foto: PSG / Reprodução
CLIQUE AQUI E LEIA MAIS: Muito além de Neymar e PSG: tudo sobre a Ligue 1 mais badalada dos últimos tempos 

Ainda não há informações sobre quando será a sua estreia dentro da equipe, mas o jogador já fez o seu primeiro treino e tem se mostrado bastante à vontade no novo ambiente de trabalho. "É o maior de todos os desafios até agora na minha carreira. Tenho um desafio muito grande, que é fazer essa torcida feliz, fazer este clube maior do que ele já é e ajudar meus companheiros", complementou ele quando questionado sobre os motivos de sua escolha. A partir de agora, é apenas questão de tempo para assistir o brilho de Neymar novamente dentro de campo, pronto pra criar uma nova história com a camisa 10 do Paris Saint-Germain. 

Isabelle Rodrigues

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.