Header Ads

Il cielo è biancocelesti



Emocionante. Assim pode ser definida a final da Supercoppa da Italia entre Juventus e Lazio ocorrida ontem (13) no Stadio Olimpico.

As equipes chegaram para esse embate em situações naturalmente distintas: A Juve campeã de tudo na Bota e vice da UCL, e a Lazio cheia de interrogações, com um time sem muitas novidades em relação a temporada anterior e os problemas internos de praxe. 
A Juve veio com um esquema diferente com Barzagli e Alex Sandro pelas pontas, além de seu tridente poderoso de ataque composto por Dybala, Mandzukic e Higuaín. Já a Lazio foi pro jogo num 3-5-1-1 e com dois importantes desfalques: Felipe Anderson ainda sentindo uma contusão e Keita Balde, que foi cortado da relação no ultimo minuto e no Twitter alegou "não ter entendido o porque" (Nós sabemos, Keita.)
A parte das estreias ficaram por conta de Lucas Leiva e Adam Marušić pela SSL e pelos lados da Juventus, Douglas Costa e Bernardeschi.

     Fonte: SS Lazio

O favoritismo dos bianconeri era absurdo, mas os biancocelesti fizeram boa pré-temporada e estavam dispostos a lutar, e demonstraram isso desde o inicio.
Mas o inicio não poderia começar diferente do previsto. Só deu Juventus.
Logo nos primeiros 3 minutos de jogo Alex Sandro avançou pelas costas de Basta e cruzou na medida para Cuadrado, que só não marcou porque Strakosha operou um milagre numa ótima defesa com as pernas.

A Juventus seguiu pressionando e logo em seguida numa cobrança curta de escanteio Dybala chutou forte com a perna direita obrigando Strakosha a fazer outra grande intervenção.

Após essa pressão inicial a Lazio foi se encontrando em campo e achou uma forma consistente e eficiente de marcar a Juve e sair para o jogo (apesar de diversas vezes essa saida ser lenta em demasia a meu ver). Daí em diante o que se viu foi um domínio quase que total dos biancocelesti. A Juventus parecia estar"sob controle" enfim.

Aos 31min o meio de campo recuperou a bola de Cuadrado e deixou Immobile cara a cara com Buffon, que ao ser driblado acabou tocando o atacante: Calcio di rigore!

O próprio Ciro correu pra bola e mandou no canto direito, batida firme: Lazio in vantaggio 1x0.

Ciro anotando o primeiro gol da SSL de pênalti. Fonte: SS Lazio

Ainda no primeiro tempo Basta em grande jogada parou nas mãos de Buffon e Lucas Leiva em seguida, de longe, obrigou Gigi a fazer outra boa defesa impedindo assim o segundo tento.

A segunda etapa começou e o domínio laziali se mantinha. Higuaín, Mandzukic e Dybala estavam presos, sem reação ante a marcação recebida; a bola simplesmente não chegava pra eles, e aos 53 minutos, Parolo recebeu na diagonal e cruzou como que com as mãos para Ciro Immobile anotar o segundo dele, o segundo da Lazio para delírio da Curva Nord.

A partir daí a Lazio optou por se fechar, mas isso geralmente dá muito errado, porque acabaram fazendo o esperado e recuaram. Demais.

Aos poucos a Juventus foi se soltando... Aproveitando os espaços que "ganhou" no meio campo e num contra-ataque Parolo foi obrigado a parar Dybala com falta perto da entrada da área. O próprio Dybala cobrou a falta com uma maestria impressionante e marcou um golaço aos 84 minutos.

Quando o gol surgiu, logo pensei: "Se não tem sofrimento, não é Lazio" Algo me dizia que devia me preparar para surpresas... Tudo já começou a vir à mente, como o fato da Lazio das temporadas passadas deixar escapar vitórias pelos dedos, o fator psicológico pesar. A apreensão de ver um jogo "ganho" mudar de panorama definitivamente era real.

E não deu outra... Aos 89min Alex Sandro aproveitou um bate rebate dentro da área e dividiu com Marušić, o árbitro Davide Massa não titubeou e anotou o penal. Dybala aos 90min correu e com a qualidade de sempre, igualou o resultado.

Fomos do céu ao inferno em 5 minutos. Eu fiquei em silêncio em casa. Olhava pro placar na TV tentando entender como isso pôde acontecer. A Juventus ia levar essa numa virada épica?!

Foi épico, sim. Mas não pra essa grande Juventus. Os deuses do futebol reservaram um ultimo ato para essa final e o céu meus amigos é azul e branco, e não preto e branco.

Aos 92min Jordan Lukaku foi avançando pela lateral, passou como um trator pelo marcador em direção à área e cruzou para encontrar o pé direito de um garoto... base laziali.. Alessandro Murgia... que e estufou as redes para um final apoteótico: 3X2. LAZIO CAMPEÃ.

Lazio quatro vezes campeã da Supercoppa. Fonte: SS Lazio

O arbitro parecia não querer terminar a partida. Os segundos tornaram-se horas, mas enfim ele apitou e a Lazio sagrou-se campeã pela 4º vez da Supercoppa da Italia. Que vitória! Que final! Que Lazio!
É fato que essa não será a Juventus da temporada. Todos sabemos do poderio dessa squadra, mas o mais importante pra mim, até mais que levantar esse caneco, é ver uma Lazio com postura em campo, sem medo, rodando a bola e criando situações de gol. Immobile já mostrou que vai continuar matador. Lucas Leiva deixou uma ótima impressão, com passes e movimentação no meio campo; Luis Alberto também mostrou muita qualidade e vai somar nessa temporada. Tudo é muito prematuro agora, a staggione está começando, mas Mister Inzaghi segue firme com seu trabalho competente e acredito que faremos uma boa temporada 17/18. O próximo compromisso da SSL é domingo, em casa, contra o debutante Spal pela 1º rodada da Série A TIM. Até lá vamos comemorar, mas que o foco e o planejamento sejam mantidos e que a águia siga alçando voos mais altos. 

Acompanhe os melhores momentos e curta o canal oficial da SSL no Youtube:
https://www.youtube.com/watch?v=XyZODKsffos

SEMPRE FORZA LAZIO!


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.