Header Ads

Início letal dá vitória ao rossonero


Em que se pese a superioridade numérica desde o terceiro minuto de jogo, que torna qualquer análise imprecisa, fato é que o time já mostra uma forma de jogar que agrada tanto pela ofensividade quanto pelas alternativas encontradas pela equipe. O forte apoio dos laterais, nessa partida em especial o lado direito com o Conti, e a facilidade nas inversões de bola e lançamentos longos nas costas da defesa adversária, são boas características que já vinham sendo apresentadas nos primeiros jogos e que voltaram a se mostrar eficazes nessa partida.

Jogadores comemoram gol. Fonte: AC Milan


O jogo


Logo aos três minutos o árbitro marcou pênalti em Cutrone e após consulta ao vídeo expulsou o zagueiro Ceccherini. Na cobrança Kessié abriu o placar. Aos dezoito, Suso fez bela jogada individual pela direita e cruzou no primeiro pau para ótima antecipação de Cutrone ampliando o placar. O terceiro gol veio aos vinte e quatro, após receber ótimo lançamento de Çalhanoglu, Cutrone retribuiu a assistência para Suso bater cruzado e fechar a conta. Até o final do primeiro tempo o time visivelmente administrou o jogo, mantendo a posse de bola e se apoiando principalmente no lado direito de um inspirado Suso. 
 

Na segunda etapa, porém, o time foi muito abaixo, aparentando certo desinteresse com a partida, que ganhou ritmo de treino. Cutrone, Conti e Locatelli deram lugar a André Silva, Abate e Mauri, mas ainda assim o time se limitou a administrar a partida. André Silva até se movimentou bem participou de algumas jogadas ofensivas e Mauri teve uma boa finalização defendida pelo goleiro Cordaz,  ainda assim, o futebol envolvente dos primeiros trinta minutos não foi mais visto, obrigando Donnarumma a fazer três boas intervenções.


Algumas observações

Apesar da boa qualidade na inversão e a boa alternativa pelas pontas, por vezes o time exagerou nesse tipo de jogada. Senti falta de mais tentativas pelo meio e essa forma de jogar acabou prejudicando um pouco o Çalhanoglu que ao lado do Kessié foi um dos poucos que tentaram conexões por dentro, mas que visivelmente ainda sofre muito com a falta de ritmo de jogo, é bom lembrar que esteve cinco meses foras dos gramados.

Çalhanoglu em ação. Fonte: AC Milan


Apesar da doação em campo ainda vejo Borini e Locatelli um pouco aquém dos demais. Penso que Locatelli muito mais por afobação do que por falta de qualidade. Ainda assim, ele teve papel importante para a saída de bola, se apresentando muito e dando suporte quando Bonucci e Musacchio saíam com a bola. Borini apesar de ser um jogador "trabalhador" ainda não oferece tantas alternativas com a bola no pé, mas a exemplo dos demais merece tempo para não ser injustamente avaliado. 


O recurso técnico do Bonucci na bola longa nos dá uma jogada muito parecida com aquela que tínhamos com Thiago Silva e Pato, principalmente quando o André Silva está em campo. Apesar do bom aproveitamento em gols do Cutrone o português participa muito mais das jogadas ofensivas e tem maior presença e força física no aproveitamento dessas jogadas. 

Embora o time tenha visivelmente se poupado depois do placar construído, para início de temporada foi um ótimo resultado, principalmente por matar o jogo rapidamente e não sofrer grandes sustos.

Ficha Técnica:

Crotone: (4-4-2): Cordaz; Faraoni, Ceccherini, Cabrera, Martella; Rohden (55' Nalini), Barberis, Mandragora, Stoian (71' Izco); Budimir, Trotta (7' Dussenne). Subs: Festa, Viscovo, Ajeti, Sampirisi, Borello, Crociata, Kragl, Suljic, Simy, Tonev. Coach: Davide Nicola.


Milan: (4-3-3): Donnarumma; Conti (68' Abate), Bonucci, Musacchio, Rodriguez; Kessié, Locatelli (78' Mauri), Calhanoglu; Suso, Cutrone (61' André Silva), Borini. Subs: A. Donnarumma, Storari, Antonelli, Calabria, Zapata, Mauri, Montolivo. Coach: Vincenzo Montella.

Árbitro: Maurizio Mariani.
Gols: 5' pen. Kessié, 18' Cutrone e 24' Suso
Cartão vermelho: 3' Ceccherini
Cartões amarelos: 9' Cutrone, 59' Locatelli, 69' Bonucci.


Por Gil Costa
             


https://twitter.com/gilmarcostatphttps://www.facebook.com/GilCostatp

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.