Header Ads

Nova temporada, velho Liverpool



Depois quase três longos meses, a Premier League está finalmente de volta. Ontem (12), tivemos a abertura da temporada, com o Arsenal vencendo o Leicester por 4x3. Nesse sábado, o Liverpool estreou contra o Watford, no Vicarage Road. A última visita dos Reds ao estádio ficou marcada por uma obra de arte marcada por Emre Can, que inclusive foi eleito o gol mais bonito da última temporada.

Jürgen Klopp colocou em campo o time que esperávamos. Coutinho está fora por lesão e com o seu futuro incerto e a insatisfação do técnico e da torcida com sua atitude, o brasileiro não jogará por algum tempo. O alemão optou por colocar Mignolet no gol, Alexander-Arnold, Matip, Lovren e Moreno na defesa; Henderson, Can e Wijnaldum no meio; e Firmino, Salah e Mané na linha de frente.

Apesar de toda a expectativa por trás da volta do campeonato, nós, torcedores do Liverpool não ficamos felizes com o que vimos, com partida terminando empatada por 3x3. Aos 8', o Watford abriu o placar através de um escanteio (novidade), onde os zagueiros não tiveram disposição de pular e tirar a bola, abrindo espaço para Okaka marcar.

Falha coletiva custou o primeiro gol ao Liverpool (Foto:Liverpool FC)
Na primeira chance real do Liverpool, Sadio Mané fez boa troca de passes com Emre Can, saiu na cara do gol e empatou o jogo. Mas não deu tempo nem para o Liverpool comemorar, pois novamente, em uma falha coletiva de toda a defesa, Doucouré colocou o Watford na frente.

O Liverpool voltou para o segundo tempo com uma atuação muito melhor do que a da primeira etapa. Após uma boa jogada dos Reds, Salah recebeu um belo passe, saiu na cara de Gomes, mas sofreu um pênalti, que Firmino converteu com extrema frieza.

Logo depois, Firmino novamente foi instrumental. O brasileiro deu um toque por cima do goleiro Gomes e Salah deu o empurrãozinho que faltava e colocou o Liverpool na frente pela primeira vez no jogo.

Após o terceiro gol, o time de Klopp teve diversas chances de selar o jogo. Matip mandou a bola no travessão, Lovren forçou uma boa defesa de Gomes e Wijnaldum teve duas chances de marcar de fora da área, provando mais uma vez que parece não treinar chutes.

Quando a partida estava nos acréscimos, Joe Gomez, que entrou no lugar de Alexander-Arnold fez uma falta na ponta esquerda. Na cobrança a bola sobrou na entrada da área para Britos, que forçou uma boa defesa de Mignolet.

Agora chegamos no momento em que toda a partida se resume. Na cobrança de escanteio no primeiro pau, Wijnaldum teve a chance de tirar a bola e consequentemente conseguir os três pontos. No entanto, o holandês mostrou mais vez que faltou competência e cabeceou a bola em cima de Richarlison, que teve a chance e chutou em cima de Mignolet. Os reflexos do belga não foram bons o suficiente e a bola sobrou para Britos, que estava impedido e empatou o jogo.

Preocupante e desapontante (Foto:Liverpool FC)

No final da última temporada era evidente que uma melhoria na defesa era necessária. Virgil Van Dijk estava pronto para virar um Red, mas o Liverpool fez uma verdadeira bagunça com a negociação. Na última semana, o zagueiro do Southampton pediu para ser transferido e pode ser a solução para os problemas defensivos que o time tem.

Não culpo somente os zagueiros, mas a forma com que Klopp posiciona o sua defesa, tanto com a bola rolando e em bolas paradas tem que mudar. Os laterais ficam muito abertos, deixando os zagueiros muito expostos, sendo quase impossível ter sucesso em situações onde o oponente tem mais jogadores atacando.

Mesmo com os problemas defensivos, o ataque se mostrou eficiente com todos os atacantes marcando. Com Mané em uma ponta e Salah na outra, temos velocidade e técnica em ambas nos flancos. Firmino foi importante no jogo de hoje, fazendo o gol de empate criando a jogada para o terceiro. A sua movimentação também foi essencial para abrir espaço no meio para Mané e Salah.

Com o jogo pela Champions League na terça-feira, contra o Hoffenheim pela frente, Klopp certamente deverá encontrar uma solução para esses problemas. Julian Nagelsmann certamente irá explorar essas fragilidades dos Reds e isso pode custar nossa vaga na fase de grupos.

Vou me despedindo. YNWA!

Autor: Gabriel Coelho/ @gabrielcoelhof_

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.