Header Ads

Missão Cumprida: o Recorde é Nosso!

A partida diante do Internacional começou muito antes do jogo propriamente dito. Uma semana antes do confronto, na partida diante do Náutico, a diretoria Tricolor lançou a campanha #40milNaBaixada, com uma chamada forte onde convocou a torcida para ‘Calar Quem Duvida’ e bater o recorde de público na Arena da Baixada.

A campanha mobilizou a torcida Paranista e em menos de dois dias de venda, os ingressos foram esgotados, aumentando ainda mais a expectativa do jogo diante do líder da competição.

Missão dada é missão cumprida: Maidana
(Foto: Franklin de Freitas)
A derrota para o Figueirense na sexta pouco importou, a motivação toda era para a terça feira. Desde antes da abertura dos portões, a movimentação Paranista já era intensa em torna da Arena, tudo para participar da grande festa. Antes da bola rolar um belo mosaico com balões foi executado pela torcida Tricolor, com os dizeres “Rumo a Série A”, “TFI” e com o mascote do clube, a gralha.

Roubou a cena: grande festa da torcida Paranista
Com a bola rolando foi um jogo com tudo o que tinha direito: cenas lamentáveis, catimba, dribles, festa da torcida e o mais importante: gol. O Inter acreditava nas bolas longas lançadas a Damião, enquanto o Tricolor buscava surpreender o Inter com a velocidade, explorando os contra-ataques.

E quem começou melhor foi o Tricolor, primeiro com Alemão, recebendo pela esquerda e mandando ao lado da meta de Danilo Fernandes. Depois foi Robson que recebeu na ponta, cortou para o meio, mas concluiu em cima do goleiro. Com o passar do tempo o Inter conseguiu equilibrar o jogo, Richard fez grande defesa em chute de Sasha e Charles perdeu chance dentro da pequena área. E quem conseguiu abrir o placar foi o Paraná: já aos 41’ Renatinho cobrou escanteio e Iago Maidana subiu soberano, sozinho e só cumprimentou as redes, 1 x 0.

Na segunda etapa os visitantes tentaram esboçar uma pressão, mas não obtiveram tanto sucesso, esbarrando na forte marcação Paranista. Damião ainda acertou a trave, mas nada além disso (tenho quase certeza que foi a Fúria que tirou essa bola). Os contra-ataques do Tricolor também não foram eficientes e o jogo ficou no placar mínimo: 1 x 0. Festa completa na Arena: vitória, vice-liderança, festa da torcida e quebra de recorde de público do estádio do rival, 39.414 pessoas, ultrapassando os 39.375 de Espanha x Austrália, na Copa de 2014.

Por 39 pessoas, o recorde é nosso!
(Foto: Albari Rosa/Gazeta do Povo)
Roubou a cena: os quase 40.000 Paranistas na Arena roubaram a cena do jogo, transformando o estádio num caldeirão azul, vermelho e branco. Faixas, bateria e bandeiras, tudo liberado para a melhor organizada do país fazer a festa, coisa que nem o rival pode. O Paranismo está de volta e mais forte do que nunca, série A: me aguarde...

Na próxima rodada o Tricolor recebe o Criciúma, agora na Vila Capanema. Na partida, marcada para o dia 13/10, as 20h30, o Paraná busca abrir vantagem do 5º colocado, atualmente em 3 pontos. O técnico Matheus Costa terá que fazer mudanças na equipe, uma vez que Richard tomou o 3º amarelo e Leandro Vilela só deve voltar em novembro, após lesão contra o Figueirense. Torcida Paranista: depois da Arena, chegou a hora de lotar também a Vila! Pra cima deles!

Fellipe Vicentini | @_FellipeS
#PRaCimaDelesTricolor

Um comentário:

Tecnologia do Blogger.