Header Ads

Uma vitória para exorcizar os demônios

Após apenas uma vitória em nove jogos, o Liverpool entrou pressionado para enfrentar o Maribor na Eslovênia. Tendo empatado os dois primeiros jogos da fase de grupos da Champions League, os Reds precisavam de uma atuação convincente para exorcizar qualquer demônio que ainda pairasse a cabeça do elenco. Era importante que o time comandado por Jürgen Klopp garantisse que a partida não se transformasse em outro jogo tenso e, após 4 minutos, Roberto Firmino abriu o placar e a sensação de alívio dos jogadores e torcedores no estádio era palpável. Após 20 minutos, cada componente do trio de ataque já havia deixado sua marca no jogo e os três pontos estavam garantidos. Era só questão de saber até que ponto esse elenco precisava extravasar.

Foto/Divulgação: Liverpool FC
A fase atual do Liverpool não refletia as performances em campo, onde o time dominou boa parte dos jogos em que tropeçou. Parecia uma questão de tempo até algum time ser atropelado pela equipe de Merseyside e o Maribor foi o azarado que bateu de frente com uma equipe sedenta por uma atuação convincente.

Roberto Firmino voltou a marcar - duas vezes, ainda por cima -, Mohamed Salah também deixou dois, Philippe Coutinho marcou fora de casa pelo quarto jogo consecutivo, Alex Oxlade-Chamberlain marcou seu primeiro gol com a camisa do clube e Trent Alexander-Arnold guardou seu segundo tento na Champions League com apenas 19 anos. Alberto Moreno já tem duas assistências na competição, James Milner fez uma aparição surpresa e poderia muito bem sair com o prêmio de homem do jogo. Loris Karius e a defesa do Liverpool saíram com um clean sheet, com o goleiro em especial impressionando alguns torcedores. A confiança é crucial para uma equipe de sucesso e o 7-0 no Maribor levantou os ânimos de todos. Se essa não é uma vitória para passar dias celebrando, com certeza foi muito importante para aliviar a pressão.

De repente, o Liverpool lidera o seu grupo na Champions League, pode encaminhar sua vaga já na próxima rodada e volta suas atenções a Premier League no Domingo, quando visitará o Tottenham em Wembley, onde não é difícil imaginar uma vitória dos Reds, tendo o histórico ao seu favor e o fato dos Spurs ainda não terem se adaptado a sua casa temporária. No espaço de uma semana, o humor de todos os envolvidos com o clube pode receber uma grande injeção de ânimo.

A vitória de ontem significou um recorde quebrado - agora o Liverpool tem a maior goleada fora de casa da história da Champions League -, uma mudança de postura e uma possível mudança de fortunas. Os Reds fizeram o serviço, o que se espera de um time grande quando enfrenta um adversário claramente inferior, mas um 1-0 já garantiria os três pontos. O mais animador foi ver o serviço sendo feito com estilo, como queremos e como nos acostumamos a ver. Que seja um divisor de águas da temporada!

Por: Luiz Felipe Gomes Santos / @MakeUsDreamBR

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.