Header Ads

Álvaro Odriozola, Real Madrid, Xabi Prieto, Sergio Canales: Vamos falar de incertezas

Da esquerda para a direita: Odriozola, Zurutuza, Illarra e Prieto. Nosso lateral e nosso meio-campo podem ser futuros protagonistas de desdobramentos não tão agradáveis (Jose Manuel Vidal – Jose Manuel Vidal / EFE)

A parada FIFA acabou nesta terça e a LaLiga está prestes a retornar. Nosso time, inclusive, abrirá a rodada na sexta-feira contra o Girona fora de casa. Carlitos Vela foi o único entre os atletas convocados para seleções principais a atuarem nos dois jogos. Illarra, Odriozola e Kevin Rodrigues atuaram em um jogo cada e Januzaj apenas esquentou banco pela Bélgica. Oyarzabal jogou os dois jogos pela fúria sub-21 e Zubeldia apenas assistiu seu companheiro nas duas partidas sem ser utilizado pelo treinador Albert Celades.
Jogadores inegavelmente talentosos, sendo convocados e/ou utilizados por suas seleções. Nossa base rendendo bons e duradouros frutos. Certeza de bons frutos a curto e médio prazo em Anoeta. Ótimo, muito bem, mas anda havendo espaço para incertezas. E é preciso falar disso.
Odriozola, de uma maneira nada surpreendente, vem sendo cada vez mais especulado em outras paragens, mais precisamente na parte blanca de Madrid. Após o afastamento do até então considerado um dos, ou até O MELHOR lateral direito do mundo Dani Carvajal, por problemas cardíacos, trazendo por consequência um buraco indiscutível no setor da equipe madridista e a ascenção de nosso jovem lateral a seleção espanhola, não foi muito difícil pautar as redações espanholas sobre quem deveriam apontar como o mais provável nome para a posição do time de Zinedine Zidane.
Nosso garoto, ainda que involuntariamente, não consegue evitar que surjam novas e novas notícias que fomentem essa especulação. No dia 04 de novembro, declarou ao AS que já se sentia cansado de tanto ser apontado ao Madrid. Apontava um respeito pelos galácticos, mas afirmou categoricamente estar com a cabeça voltada 100% para a Real Sociedad, e que cogitava até mesmo ficar por Anoeta toda a sua carreira. Pois bem, no dia 12, mais uma vez abordado pela imprensa, elogiou Zidane, o apontando como ídolo, e citou Carvajal como sua referência na posição. Nada demais, claro, mas o suficiente para render um pouco mais as especulações, que prometem se tornar insuportáveis a cada segundo que se passar sem a recuperação (se é que, tomara, haverá) de Carvajal. Estejamos preparados para isto.
A próxima incerteza é no meio-campo. Extremamente carentes de Xabi Prieto e Zurutuza, vemos uma espécie de renascimento de Sergio Canales. O antigo prodígio de Santandervem conseguindo se impor em uma briga ferrenha na posição de mediapunta, onde se encontram Vela, Januzaj, Oyarzabal e Juanmi, e também foi muito bem substituindo Zurutuza como interior. Parece preparado para a titularidade e como digno substituto de Xabi Prieto, que aponta a aposentadoria nesta temporada.
Aposentadoria? Aos 34 anos? Sim!
Não é algo tão incomum nossos ídolos se aposentarem relativamente cedo. Mikel Aranburu se aposentou em 2012, aos 33 anos, ainda sendo utilizado com frequência. Mas Xabi Prieto é absoluto! Já entra em campo há 80 jogos consecutivos com a Real Sociedad,sendo preterido pela última vez ainda por David Moyes. Apenas Rulli é páreo ao nosso mestre no quesito titularidade indiscutível. Mas ele já está pendendo para isso desde a última temporada, onde uma negociação arrastada o manteve por mais um ano, muito por conta de sua consciência de ser indiscutível para Eusebio Sacristán. Se a manutenção desse status já não garante sua continuidade, a diminuição dele (por enquanto uma possibilidade irrisória) deve provocar a saída de um dos maiores ídolos da nossa história.
O grande problema é que Sergio Canales também vem enfrentando dificuldades para renovar seu contrato, que também termina ao término desta temporada. Desta forma temos um meio-campo titular onde Zurutuza sempre inspirará cuidados físicos, em que pese estar já acima dos 30, e Xabi Prieto cada vez mais tentado a parar. E temos como opções de banco uma antiga promessa da casa que não conta com a confiança de Eusebio (Rubén Pardo) e um jogador que vem em alta, mas que pode sair de graça no fim desta temporada.
Em breve, teremos especulações de vinda, e o blog trará as mais plausíveis, além de acompanhar todo esse processo um tanto quanto silencioso, que abre espaço para muita incerteza no nosso futuro

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.