Header Ads

Se não é o Mazinho, não é o Oeste.

Na noite do dia (7), o Rubrão enfrentou, na Arena Barueri, o time do Figueirense. Com a derrota do Paraná, o Oeste só precisava vencer em casa para entrar no G4. 

O primeiro tempo começou com as duas equipes procurando o gol, a partida tinha um bom ritmo. O Oeste teve liberdade num cruzamento na área, Mazinho tocou para trás, mas ninguém chegou. Na resposta, Jorge Henrique bateu de fora da área, dando trabalho para o Rodolfo. Depois disso o jogo ficou morno.

A marcação do Figueirense não dava espaço para o time da casa, que gostava de jogar na velocidade. Por outro lado, o time catarinense pouco saia para buscar jogo. No fim da primeira etapa, Guilherme Lazaroni levou o segundo cartão amarelo, deixando o Figueirense com 10 em campo.
                    (CRÉDITOS: Marcos Bezerra)

No segundo tempo, Roberto Cavalo repetiu a tática que utilizou contra o Paraná. Tirou um volante e colocou um atacante lá - trocou Lidio por Henrique.  Porém o Rubrão continuou apático e quem se beneficiou foi o time Catarinense que, numa cobrança de falta, abriu o placar. André Luis se antecipou do goleiro e fez o primeiro gol da partida.

Sem criatividade o Oeste, reclamou de pênalti em duas jogadas, rondou a área do Saulo, mas não foi efetivo. Até que na individualidade do artilheiro da série B,  o time da casa chegou ao empate. Mazinho arriscou de fora da área  e contou com uma grande contribuição do goleiro Saulo para marcar.

PÚBLICO: 3.665
RENDA: R$21.710

Um comentário:

  1. Essa temporada do Oeste vai ser uma das melhores em todas as participações do Rubrão na Série B, rumo a série A, parabéns rubrão 👏👏👏👏

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.