Header Ads

Vila Nova 1x1 Santa Cruz: Um time medroso e covarde

Em um jogo muito abaixo do esperado, Vila Nova e Santa Cruz empataram em 1x1 no Serra Dourada. Faltou vontade e mesmo jogando em casa o Vila não conseguiu ameaçar tanto o adversário. Um time verdadeiramente medroso ao atacar. O Santa Cruz parecia jogar em casa, colocou os goianos na roda e por pouco não chegou a virada. Após o fim da partida, a equipe colorada deixou o campo sendo vaiado pelo torcedor. 

Uma simples vitória poderia ter colocado o Vila Nova ainda mais próximo do G-4, já que Paraná e Oeste também vacilaram na rodada. Com o empate o Vila se manteve na 6ª colocação com 53 pontos. 

Após ceder o empate em Belém para o Paysandu, o Vila Nova se viu ainda mais distante do grupo do G-4. Mas, não foi nesse jogo que o Tigre deixou escapar o seu possível acesso. O clássico diante do Goiás, o empate contra o Brasil de Pelotas e também diante do Oeste. As derrotas do primeiro turno para Náutico e Paysandu. Dos últimos jogos se tivesse vencido ao menos o Santa Cruz, o Tigrão estaria bem próximo da zona de classificação mesmo com o empate de Belém. 

Hoje tudo isso pesou, o elenco se cansou. Elenco limitado e sem peças de reposição não iria a lugar nenhum. Tivemos um ataque inexistente, vários jogadores foram contratados para a posição e nenhum deles cumpriu seu papel. Só agora se deram conta desse erro. O Vila Nova foi simplesmente o Vila Nova que todos já conhecem, que reviveu novamente 2008. Doa a quem doer, mas o sonho de acesso para essa equipe acabou a algum tempo. 

O problema do Vila Nova vai além de resultados dentro de campo. E será que não seria o momento para começar a pensar em 2018 ?

Tigrão empata pela quarta vez no Serra Dourada é o sonho do acesso fica distante. (Foto: Globo Esporte GO).
O Jogo 

Desmotivado. Esse foi o Vila Nova durante todo o primeiro tempo, deixou o Santa Cruz se sentir em casa. Dominando os minutos iniciais de jogo, o Santa obrigou o goleiro Luís Carlos a trabalhar. Aos 09’ André Luís recebeu e chutou forte, Luís Carlos atento espalmou para escanteio. Poucos minutos depois, Ricardo Bueno arriscou forte de fora da área e Luís Carlos seguro encaixou a bola. 

Aos 19’ Alan Mineiro chutou e o goleiro Júlio César deu rebote na sequência Lourency chutou para abrir o placar. Mas, o juiz marcou impedimento. Aos 33’ o Tigrão finalmente chegou ao gol. Alan Mineiro cobrou escanteio e Geovane apareceu sozinho para cabecear, 1x0 Vila Nova. Dessa vez valeu. Aos 45’ o Santa Cruz chegou novamente com Ricardo Bueno livre de marcação obrigou novamente o goleiro Luís Carlos a fazer uma boa defesa.  

Na segunda etapa as boas oportunidades  se não as melhores da partida veio com Lourency. No cruzamento de Gastón e Lourency cabeceia, mas Júlio César fica com a bola. Não parou por aí, o atacante ainda teria a bola do jogo nos pés.

Aos 10’ Santa ainda reclamou de um pênalti não marcado de Wesley Matos em João Paulo. Em seguida o Vila chegou novamente com Lourency, Júlio César afastou o perigo. Grafite em posição irregular marcou para os visitantes. Não valeu. Ricardo Bueno não desistiu. 

Aos 13’ ao receber um belo passe de Walber, Ricardo Bueno ganhou na velocidade do zagueiro colorado aproveitou e deu um toque por cima do goleiro Luís Carlos, 1x1 Santa. E mesmo na pressão o Vila tentou furar a defesa do adversário. 

Wallyson arriscou, mas Julio César ficou com a bola. Não parou por ai, lembra do Lourency? O atacante desperdiçou a melhor oportunidade do Tigrão na partida. Aos 27’ Geovane viu Lourency livre e tocou o atacante tirou do goleiro, mas o zagueiro chegou a tempo e afastou o perigo. 

Outra boa chance dele. Nos minutos finais Maguinho cruzou para Lourency que sozinho cabeceou recuando a bola para o goleiro. Sem mais chances a partida termina empatada. Resultado que não favoreceu nenhuma das equipes na competição. 

E na próxima rodada o Vila Nova vai até o Sul enfrentar o líder Internacional. O jogo está marcado para o próximo sábado (11), no Beira Rio.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.