Header Ads

Que faaaaaaaase! Tomamos até gol de goleiro

Imagine que você já foi o valentão da escola, batia em todo mundo e em algum momento de sua vida foi muito respeitado por isso. Você era temido por sua força e os poucos que se atreviam numa briga voltavam para a casa com o olho roxo. O tempo passou e você foi envelhecendo, perdeu agilidade, parou de brigar, virou um sujeito pacato e hoje não faz mal a ninguém. 

Brignoli comemora gol aos 49 do segundo tempo Fonte: Reuters

Mas sua escola é barra pesada, e quem não impõe acaba perdendo espaço. E você, por ter virado um sujeito pacato, viu outros vizinhos (que antes apanhavam de você) baterem em todo mundo. Você, como parou de brigar por um tempo, quando tentou voltar acabou sentindo o peso e apanhou. Apanhou por um longo tempo até que decidiu voltar a ativa de fato. Foi às compras, comprou novas luvas e outros aparatos, decidido a voltar para a briga. 

A falta de confiança atrapalhou no momento, e aquela personalidade pacata adquirida recentemente também atrapalhou, não era agressiva o necessário. Aí você recorre ao passado, lembra do tempo em que você era aguerrido, raçudo, explosivo, e decide que essa será a personalidade que o guiará nesse momento. 

Para sua sorte, o menino mais fraco da escola te chama para a briga e você se enche de confiança, fecha a cara como nos velhos tempos, certo de que irá arrebentá-lo. Ele está cheio de hematomas, apanhou de quatorze alunos da sala, e não será você, que já mandou na escola inteira, que o deixará sem a surra costumeira. 

Para sua surpresa, ele endurece a briga, mas você bate mais do que apanha durante todo o tempo, já no final, você está cansado e ele acostumado a apanhar mostra a valentia de quem não tem nada a perder. Quer ter seu momento de glória contra um antigo vencedor. No apagar das luzes, quando você já comemorava a vitória, eis que surge de algum lugar o primo nerd do seu rival, que nunca sequer brigou, vem e te dá uma voadora que empata a briga. 

E a única coisa que vem à sua mente é "Que faaaaaaase!"

É amigos, só me resta fazer piada com esse momento, tem nos acontecido coisas que são difíceis de acreditar...

Por Gil Costa

https://twitter.com/gilmarcostatp 


 https://www.facebook.com/GilCostatp


 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.