Header Ads

Serena, Juventus vence Olympiacos e vai as oitavas da Champions

Cuadrado abriu vitória em Atenas (foto: Reuters)
Mesmo sem seus capitães, a atual vice campeã europeia viajou para a Grécia jogar contra o Olympiacos e fez o que lhe cabia, vitória com certa tranquilidade apesar de momentos menos firmes e chegou a quarta partida sem sofrer gols. Com o  2 a 0 no Estádio Karaiskákis e a vaga nas oitavas de final da UEFA Champions League na bagagem, a Juventus volta pra Itália para o grande jogo contra a Internazionale no sábado pela Serie A. Os gols dos pontas garantiram o triunfo graças também a solidez defensiva.

Voltando ao 4-2-3-1 já conhecido, Allegri não contou com Buffon e Chiellini por lesões mas o muro permaneceu impenetrável e a qualidade de jogar foi vista na primeira etapa, também por entender sua grandeza e que tudo estava em suas mãos, por isso girou a bola em boa parte do jogo com a posse e errou passes bobos na fase ofensiva. Dybala quase abriu o marcador nos minutos iniciais quando Protto evitou o grito de gol. Aos 15 minutos a rede balançou a quando Alex Sandro correu nas costas de Elabdellaoui, rolou na pequena área para Cuadrado empurrar pro gol e tranquilizar ainda mais os pouco mais de mil juventinos que foram ao terreno rival. Ativa por ambas as faixas, a Juve controlava as ações e retinha a bola de modo que não se visse os gregos no ataque a não ser em cabeçada de Djurdjevic mas grandíssima defesa de Szczesny, que também parou a grande chance de Marin no segundo tempo foram as poucas alegrias dos fanáticos no Karaiskákis. O técnico italiano sentiu que o time girava mal a bola e tirou Dybala por Pjanic, mudando pro 4-3-3 e os locais não conseguiram criar nada antes de uma bola no travessão do goleiro bianconero já aos 83 de jogo após toque fortuito de Ben Nabohuane. No minuto final do tempo regulamentar, Bernardeschi recebe na ponta direita e passa pelo marcador puxando pro meio e bate cruzado fazendo o placar definitivo.

A Juventus atuou de maneira sólida, firme defensivamente com crescimento de De Sciglio e Benatia ao longo do mês passado e atual enquanto Douglas Costa se confirma em evolução técnico/tática, todavia Alex Sandro e Dybala não têm conseguido repetir as atuações de outros momentos. Sem condições de lutar por nada, o Olympiacos não conseguiu exigir muito apesar de não ter pressão e se focará apenas no campeonato grego enquanto a Velha Senhora aguarda o sorteio na segunda-feira (11 de dezembro) pra saber contra quem disputará uma vaga nas quartas de final em fevereiro

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.