Header Ads

Despedida no melhor estilo Fluminense

Em sua 4ª edição, a Florida Cup manteve seu conceito de trazer times de vários lugares do mundo, possibilitando assim, uma agregação cultural e futebolística a um dos países que, hoje, assume uma postura emergencial no futebol, os Estados Unidos.

No entanto, o torneio na perspectiva dos clubes brasileiros não passa de amistosos de pré-temporada que não são levados tão a sério pelos jogadores e, portanto, não servem como parâmetros para o restante da temporada. Todavia, é importante destacar o tamanho fracasso do Fluminense Football Club na disputa dessa competição. Já são 8 jogos e até agora, nenhuma vitória. Quatro anos viajando para os Estados Unidos, perdendo tempo de preparação para os campeonatos oficiais na temporada.

Ontem, após ser derrotado por 3x1 pelo Barcelona (EQU) de virada, o Fluminense encerrou sua participação, mais uma vez, de forma pífia com apenas um ponto ganho oriundo do empate (seguido de derrota nos pênaltis) contra o PSV no primeiro jogo.

É muito cedo para falar em rebaixamento, mas também é fato que necessitamos de reforços, e tendo como base as últimas entrevistas de Abel Braga, vem coisa por aí. Se dará resultado ou não é outra história, o mais importante agora é não deixar mais ninguém sair. 

Levando em consideração tais circunstâncias e o momento atual da equipe, surge um questionamento: será que vale a pena gastar esse precioso tempo de pré-temporada para simplesmente aparecer no cenário mundial? É certo que a próxima competição pela frente é o campeonato carioca que já perdeu todo seu prestígio e está longe de ser um bom tira-teima para este time do Fluminense. Contudo, não há nada melhor do que uma vitória num clássico para dar confiança ao clube que não respeita nem a si mesmo.

ST,
Caio Ramos

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.