Header Ads

Mal, cada vez pior, Real Sociedad...

Illarra em dividida pelo alto. No duelo de estilos, prevaleceu a defesa (Foto: Reprodução – ABC deportes)
E começamos o ano perdendo. 1 a 0 para o Leganés, gol do brasileiro Gabriel Pires, aos 75 minutos de jogo, após uma falha de Rulli em cobrança de falta para a área, caçando borboleta e deixando a bola passar e ir de encontro à coxa do goleador adversário, antes de entrar mansa para as redes. Tudo isso após um jogo inteiro com mais posse de bola, mais chutes a gol, mais isso, mais aquilo… nem vou me alongar mais porque já devo ter escrito coisas parecidas em vários textos anteriores. O famoso joga como nunca e perde como sempre.

Quero focar em alguns detalhes em especial. De início, a manutenção de Iñigo Martínez na lateral esquerda não surtiu o mesmo efeito da última rodada, e após o gol tomado, a rápida saída de um zagueiro (Llorente) para a entrada de Rodrigues mostra a pouca convicção de Eusebio na mudança.

Mas a maior e mais escancarada prova de falta de alternativa foi a troca de Xabi Prieto por Jon Bautista, deixando o time com dois centroavante de área e tentando a sorte na base do chutão, algo nada combinativo com o que Eusebio entende de futebol. No mais, a esterilidade da posse de bola, muito pela obrigatoriedade do recuo de Willian José e a falta de infiltração dos meias deixou todo o entendimento do jogo muito estranho. A proposta não encaixava, e descambou de vez com dois atacantes isolados, o que praticamente obrigou o “bumba-meu-boi” de times sem repertório, que era uma das poucas coisas que esse time não poderia ser criticado, ainda que o repertório muitas vezes seja ineficiente.

O time começa o ano deixando impressões ainda piores. Definitivamente nossa briga não parece ser a das primeiras posições à partir de agora. Estamos no meio da tabela, e o preocupante é que está mais fácil de imaginar uma piora do que uma melhora do cenário.

Abre o olho, Real!!!

FICHA TÉCNICA:

CD Leganés: 4-2-3-1: Cuellar; Zaldua, Dos Santos, Muñoz e Rico; Pérez e Gumbau (Ramos, min.46); El Zhar (Bustinza, min.80), Eraso e Gabriel (cap); Beauvue (Guerrero, min.67).

Real Sociedad: 4-3-3: Rulli; Odriozola, Llorente (Rodrigues, min.78), Navas e Iñigo; Illarra, Zurutuza e Prieto (cap) (Bautista, min.83); Canales (Juanmi, min.65), Oyarzabal e Willian José

Gol: 1-0: Gabriel, min.75.

Árbitro: Estrada Fernández. Amarelo para Willian José da Real Sociedad

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.