Header Ads

Southampton mudando de ano, mas com feridas de 2017

Ano novo é época de mudanças e de novas promessas de que dias melhores virão. Mas para o Southampton, o ano não começou muito bem. Uma derrota em casa para o Crystal Palace após um 0x0 em um bom jogo contra o Manchester United em pleno Old Trafford, o time está na 17ª posição, há uma colocação de entrar na zona de rebaixamento, fato que nunca aconteceu desde o acesso na temporada 2012/2013.

O time perdeu muitos bons jogadores nessa temporada, mais recentemente o zagueiro e capitão Virgil Van Dijk que foi para o Liverpool por 75 milhões de libras. Ele se junta á Adam Lallana, Dejan Lovren, Nathaniel Clyne, Sadio Mané, Rickie Lambert e Steven Caulker que saíram do Saints para os Reds.

Resultado de imagem para van dijk
Van Dijk sendo apresentado no Liverpool (Foto:Liverpool FC Oficial)
Agora com dinheiro em caixa, o time precisa ir para o mercado. Esse ano, o ataque não está funcionado. Foram testados Shane Long, Gabbiadini, Charlie Austin, Boufal, Redmond e nenhum obteve o sucesso desejado. Saudades Grazziano Pellè.

No jogo contra o Palace, Long acabou com a fase ruim de quase um ano sem marcar, incluindo clube e seleção. Foram 35 jogos em 325 dias sem balançar as redes. Austin que estava tendo um desempenho melhor, marcando seis gols na Premier League até o momento, mas está punido pela  federação inglesa por chutar o rosto do goleiro do Huddersfield no empate entre as equipes. Deve voltar no próximo jogo.

Boufal também está tendo um bom ano, mas como é meia-atacante de velocidade, não marca muitos gols.

As contratações da temporada, somente Hoedt é titular. O mais caro de todos, o volante Mario Lemina, é reserva e quando entra, parece não demonstrar vontade de jogar. O jovem Bednarek está na equipe sub23, onde consegue ter mais tempo de jogo.

O técnico Mauricio Pellegrino também parece estar com os dias contados. Uma grande parte da torcida já pede sua saída. Todo jogo, o argentino muda o time, não conseguindo manter uma base dos onze titulares.

Shane Long comemora gol depois de 325 dias de jejum (Foto: Site oficial do Southampton)
Long celebra seu gol na derrota para o Palace (Foto:Reuters)
Estando mal no campeonato e agora com a janela de transferências aberta, o time necessita de reforços. Um zagueiro, um atacante e um meia deveriam ser contratados. Recentemente, muitas especulações vêm rondando o St Mary's. Theo Walcott, Sturridge, Moussa Dembele, Batshuayi, Nicolas Gaitan e Alfie Mawson. Todos esses nomes vêm sendo ligados ao clube. O que chama mais atenção é de Walcott. Revelado pelo Southampton, o jogador está chateado por não estar jogando no Arsenal e crê em uma transferência para seu ex-clube para ganhar mais tempo de jogo, visando uma vaga na seleção inglesa na Copa do Mundo.

Primeiramente, o time precisa voltar a ter aquela garra do ano passado, que mesmo com o contestado Claude Puel, chegamos á final da Copa da Liga Inglesa. Esse ano, o time está apresentando um jogo feio e sem graça, deixando todos os torcedores irritados.

Ainda resta meia temporada e a Copa da Inglaterra, onde temos o Fulham no nosso caminho. 2018 já começou, mas ainda há muito á ser feito.

João Eduardo Gurgel

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.