Header Ads

Dente de Leite do Furacão mostrou quem manda no xiqueirão

Que início de ano! Não poderia ser melhor, vitórias nos dois clássicos na casa dos adversários, invencibilidade, liderança absoluta do campeonato e dinheiro no bolso, esse é meu Atlético. E vencer os coxinhas na casa deles é simplesmente extraordinário. MCP contabiliza mais uma vitória em Atletibas. Ao contrário do que noticiou a Gazeta alguns dias atrás, foram na verdade até ontem, 90 Atletibas com MCP, 34 vitórias do Furacão, 26 empates e 31 derrotas. Das 34 vitórias Rubro Negras, 11 foram no Couto Pereira. Tenho todos os números desde 1924 por isso passo com exatidão. Gazeta se recicle.

O Atletiba nr 375 começou com o Atlético determinando o ritmo e obrigando Wilson no a duas defesas milagrosas. Logo a 1´ minuto Renan Lodi chutou de fora e a bola passou perto. Aos 8´ Giovanny tabelou com Ederson e emendou de primeira para uma defesa espetacular de Wilson de mão trocada. A coxarada não se encontrava e só chegaram aos 23´ em chute para fora. Aos 25´ o Furacão chegou outra vez com Deivid que chutou de longe e Wilson apareceu para salvar. Aos 37´ Giovanny arriscou e Wilson segurou firme. Furacão melhor, tinha as melhores chances, mas Wilson se destacava na meta coxa. O coxa perdido segurou o jogo até o fim da 1ª etapa.

Foto: Miguel Locatelli / Site Oficial
No 2º tempo o coxinha voltou com mais ânimo levando mais perigo. Aos 6´ Ruy chutou, mas Santos fez grande defesa. Mostrando a boa fase do goleiro Rubro Negro. Mas aos 10´ o grito de gol ecoou. Ederson sofreu falta cobrada com precisão por João Pedro na cabeça de Ederson que não perdoou e fez o gol Atleticano para explosão da massa Rubro Negra. O Gol enervou os coxas que voltaram a errar passes e ataques seguidamente. Aos 17 Demethryus substituiu Giovanny. Aos 24´ Felipe Dorta substituiu Yago. Chance de gol mesmo só do Atlético aos 30´ em um belo voleio de Ederson que passou perto.

31´ Demetrhys arriscou pra outra boa defesa de Wilson. Aos 36´ Ederson arriscou de longe e a bola passu muito perto do gol. Aos 40´ Léo Pereira substituiu Ederson que saiu ovacionado pela torcida do Furacão. O coxa bem que tentou, mas a zaga do Atlético estava soberba e o “Dente de Leite” do Furacão mostrou quem manda no xiqueirão. Vitória inquestionável, de quem mandou no jogo e deu as cartas. Poderia ter sido de mais, não fosse as grandes defesas de Wilson.


Em tempo: Tirinhas Valiosas

Grande festa da torcida, mas pra variar alguns imbecis lançaram no estádio bombas e sinalizadores. O Atlético poderá perder mando de jogos. É o preço que se paga no futebol brasileiro. Muitos vídeos nas redes mostraram cenas de selvageria na cidade por conta do clássico. Passou da hora de termos clássicos com torcida única. O MP está esperando uma tragédia extrema para tomar providências? Em Goiás, após mais uma morte por brigas de torcidas, o MP proibiu as Organizadas. Sempre peço que se reciclem, se renovem, mas alguns não querem e continuam promovendo barbáries, prejudicando tanto o clube quanto a torcida.

Melhores Momentos

Por: Robson Furlan - @Robson_IzzyRock

Um comentário:

  1. Caríssimo Robson, foi um grande jogo. Concordo com vc sobre as torcidas, mas acredito que a punição exemplar dos envolvidos é o que falta. A Inglaterra conseguiu, nós também podemos, basta querer. Abs

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.