Header Ads

Éramos dez, mas a raça valeu por vinte

Após uma semana difícil, com vitória contestada contra o CSE e derrota vergonhosa contra o São Paulo, o CRB chegou no clássico desgastado, com mudanças, e em frente um rival que tentava convencer sua torcida com um novo treinador.
O confronto contra o rival, como sempre no Estádio Rei Pelé, recebeu casa cheia e uma torcida que motivava os atletas. Mas nem precisava, até no sub-20 que serviu como preliminar da partida, que também era um clássico, o Galo terminou com um a menos em campo e os garotos conquistaram o empate de 0 a 0 na raça.
Foto: Aílton Cruz
Até o gol, era um primeiro tempo equilibrado. O Galo estava com desfalques no meio-campo, e não tinha um meia que armasse as jogadas. A jogada era tentar envolver os laterais e pontas no jogo juntamente com os volantes, o que deu certo no início.
A marcação estava bem afiada, Feijão e Boaventura foram símbolo de raça no jogo e roubaram muitas bolas, desarmaram, e fizeram a torcida vibrar de alegria e emoção.
O gol foi de Juninho Potiguar aos 35' do primeiro tempo após falha de Mota. Uma vitória comum, já é a 179º vitória do Galo contra o rival. O placar de 1 a 0 que colocou o CRB na liderança novamente.
Anderson Conceição foi expulso e irá desfalcar a equipe contra o ASA. O que ocasionará uma chance para Edson Borges mostrar novamente seu valor. Agora é manter a liderança para decidir em casa na semifinal.

Ficha técnica

João Carlos; Ayrton, Boaventura, Conceição (expulso) e Diego; Feijão, Willians Fernandes (Juliano), Willians Santana (Rafael Bastos) e Ratinho; Juninho Potiguar (Edson Borges) e Neto Baiano.

Treinador: Mazola Júnior

Números do clássico

494 jogos
179 vitórias do CRB
151 derrotas

164 empates

Público: 14.258

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.