Header Ads

Épico e heroico, Sampaio Corrêa avança no Brasileiro Feminino Série A2

Não existem palavras melhores que possam definir o que aconteceu hoje no Castelão. Épica e heroica, assim foi a classificação do Sampaio Corrêa para a fase de grupos do Brasileiro Feminino Série A2. Às vésperas de completar 95 anos de história, em uma partida sensacional e emocionante, com direito a uma virada incrível, a Bolívia Querida venceu por 5 a 4 a equipe do Comercial, do Mato Grosso do Sul, pela fase preliminar da competição.

Meninas dos Sampaio vencem no Brasileiro A2

Gols da partida

O placar foi inaugurado surpreendentemente pelo Comercial aos 2 minutos do primeiro tempo com a zagueira Jérica. Aos 15, a atacante Thaynara ampliou o marcador, após um belo passe entre as defensoras tricolores. Maysa, aos 20 minutos, fez o terceiro gol da equipe sul-mato-grossense, claramente em posição irregular.

Aos 38, o Comercial fez o seu quarto tento com Bruninha, que teve toda liberdade e tranquilidade para marcar. O primeiro gol da Bolívia Querida foi marcado aos 43. A camisa 10 Elenize, ex-Iranduba, chutou de fora da área, a goleira Mirella Chaves “bateu roupa” e a bola sobrou nos pés da centroavante Monique Corrêa, que só teve o trabalho de empurrar para o fundo das redes.

A primeira etapa terminou em 4 a 1 para as visitantes. Nesse momento, nem mesmo o mais otimista torcedor acreditava em uma virada, pois o time não dava sinais para isso. Mas as três alterações na equipe surtiram efeito e mudaram a postura do time, que se lançou ao ataque e com uma a mais em campo pôde começar uma reação.

Aos 22 do segundo tempo, a zagueira Rita, uma das que vieram do banco, aproveitou cobrança de escanteio para testar para o gol e fazer o segundo do Sampaio. Amanda Neymar, artilheira do tricolor e do maranhense 2017, fez o terceiro, em uma bela cobrança de falta de muito longe, quase do meio de campo, aos 37. Um verdadeiro golaço.

O gol de empate saiu dos pés de Nanda. Em jogada individual, aos 45, a meia-atacante chutou rasteiro no canto para igualar o marcador. Até então, as meninas levariam a partida para os pênaltis, mas o impossível aconteceu. O futebol é lindo por isso. Aos 48, a atacante Drika soltou um petardo de fora da área e acertou o ângulo esquerdo, dando números finais à partida e classificando o tricolor para a próxima fase.

Análise do colunista

Ao contrário da equipe do Comercial, atual campeã sul-mato-grossense, que treinou desde janeiro e fez uma série de amistosos antes da estreia no certame nacional, o time boliviano teve pouco tempo de treinamento e uma mudança repentina no comando técnico. Fernando Castelo Branco assumiu o lugar de Ari Ferreira, treinador da equipe campeã estadual.

Mesmo com essa mudança, o tricolor teve poucas caras novas nas 11 iniciais em relação ao time que levantou a taça do maranhense no ano passado. Apenas a volante Kocó, ex-Viana, que atuou nesta oportunidade inicialmente como lateral direita, e a goleira Iza, ex-Viana e JV Lideral, não estavam no elenco de 2017.

No primeiro tempo, a defesa boliviana “bateu cabeça” demais, principalmente pela lentidão da experiente zagueira Rosy, visivelmente fora de forma, completamente mal posicionada em campo. O técnico Castelo Branco fez a sua primeira modificação ainda no primeiro tempo, mas somente após tomar o quarto gol. Ele sacou a volante Patrícia e colocou a lateral direita Perla em seu lugar. Com isso, Kocó voltou para a sua posição de origem, volante, e Perla assumiu o flanco direito. Mesmo com a mudança, a defesa ainda estava perdida por conta do posicionamento da zagueira número 4.

No intervalo, o comandante tricolor fez as suas duas últimas alterações, substituindo Rosy pela também zagueira Rita e a lateral esquerda Vitória, pendurada com um cartão amarelo, pela meia-atacante Nanda, acostumada a jogar nessa posição na época de JV Lideral. Foi então que o panorama da partida mudou. O Sampaio tomou as rédeas da partida e dominou inteiramente o segundo tempo. Amanda Neymar foi o destaque do esquadrão tricolor, mesmo tentando resolver o jogo sozinha em alguns lances, errando alguns dribles, mas foi quem mais tentou levar perigo ao bom time adversário.

Por mais que tenha falhado no primeiro gol boliviano, a goleira Mirella Chaves, do Comercial, teve um grande destaque, impedindo em várias oportunidades que o placar fosse ainda maior para o tricolor. As jogadoras do time de Mato Grosso do Sul “fizeram cera” desde o primeiro tempo, tentando levar a partida em “banho Maria” e “sentaram” no placar favorável, dando a bola para o Sampaio jogar com liberdade. No fim, o placar fez justiça ao ímpeto tricolor.

Próxima fase

Agora a Bolívia Querida se junta ao Grêmio-RS, Vitória-BA e Embu das Artes-SP, já classificados pelo ranking das federações, além de Duque de Caxias, que eliminou o Caucaia, e Tiradentes, que goleou o Santana-AP, em jogos realizados nesta tarde de sábado. As preliminares continuam amanhã (25), e então serão definidas as 16 equipes participantes da fase de grupos.

FICHA DO JOGO:
SAMPAIO CORRÊA 5 X 4 COMERCIAL-MS
Local: Estádio Castelão, São Luís (MA)
Data e Horário: 24 de março de 2018, sábado, 16h (de Brasília)
Árbitro: José Henrique de Azevedo Júnior (MA)
Gols: Monique Corrêa - 43’ 1T, Rita – 22’ 2T, Amanda Neymar – 37’ 2T, Nanda – 45’ 2T e Drika – 48’ 2T (Sampaio); Jérica – 2’ 1T, Thaynara – 15’ 1T, Maysa – 20’ 1T e Bruninha – 38’ 1T (Comercial-MS)
Cartões amarelos: Vitória e Thatá (Sampaio); Thaís, Jérica e Mirella Simas (Comercial-MS)
Cartões vermelhos: Thais – 2º amarelo (Comercial-MS)
Sampaio Corrêa: 1 - Iza; 2 – Kocó, 3 – Luany, 4 – Rosy (14 – Rita) e 6 – Vitória (17 – Nanda); 5 – Thatá, 8 – Patrícia (13 – Perla) e 10 – Elenize; 7 – Drika, 11 – Amanda Neymar e 9 – Monique Corrêa. Técnico: Fernando Castelo Branco.
Comercial-MS: 1 – Mirella Chaves; 2 – Lidiane, 3 – Bia, 4 – Jérica (14 – Luana) e 6 – Nathaly; 5 – Thais; 8 – Bruninha, 7 – Maysa (13 – Thiely) e 10 – Deise (15 – Mayara); 11 – Mirella Simas e 9 – Thaynara. Técnica: Romilda Campos.

Marcos Fernandes || Twitter: @poetafernandes
Linha de Fundo || @SiteLF

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.