Header Ads

Mohamed Salah dando aula de como calar os críticos

The Egyptian King (Foto: Paul Ellis/Getty)
Quando o Liverpool anunciou a contratação do egípcio Mohamed Salah por 35 milhões de libras, muitos torcedores criticaram a decisão. Salah teve uma passagem pouco ilustre pelo Chelsea, grande parte pela falta de tempo de jogo, e era colocado na lista de contratações fracassadas pelo time Londrino. No entanto, muitos esqueceram do pequeno detalhe: É extremamente difícil fazer a diferença jogando pouco. E esse foi o grande problema de Salah no Chelsea.

O empréstimo para a Fiorentina na temporada 2014/15 foi extremamente bem-sucedido e relembrou os amantes do futebol europeu da sua capacidade. Durante sua passagem pela Viola, Salah marcou nove gols em 26 partidas, em uma temporada em que a Fiorentina terminou em 4º no Campeonato Italiano e chegou nas semi-finais da Coppa Italia e da UEFA Europa League.

Depois do empréstimo para a Fiorentina, Salah se juntou a Roma em outro empréstimo, dessa vez com opção de compra. Salah floresceu na capital italiana, se tornando um jogador indispensável para a Giallorossi. Em sua primeira temporada, Salah marcou 15 gols em 42 jogos e foi eleito o jogador da temporada. Em sua temporada final pela Roma, Salah marcou 19 gols em 41 partidas.

Apesar de ter tido dois excelentes anos jogando na Itália, a contratação de Salah foi vista com bastante ceticismo por grande parte da torcida do Liverpool, ainda mais julgando pelo valor. A dúvida de se Salah seria capaz de atuar em alto nível da Premier League ainda era algo que se perguntava frequentemente.

Agora, aqui estamos. Depois de 31 jogos na Premier League e com o Liverpool nas quartas de final da Champions League, Salah conseguiu calar todos os seus críticos e acabar com a descrença que havia em torno de sua capacidade. O egípcio é artilheiro isolado na Premier League, com 28 gols e está perto de quebrar recordes que ninguém foi capaz de quebrar. E o mais impressionante: Em uma temporada.

Salah está a um gol de se igualar a Didier Drogba como maior artilheiro africano da história do campeonato. Também está a seis de igualar o recorde de gols em uma única temporada, os 34 gols de Alan Shearer pelo Blackburn Rovers em 1994/95. Calar os críticos e provar que as pessoas estavam erradas sempre fizeram parte da vida de Salah, mas nessa temporada ele está dando aula de como fazer isso.

Grande parte da temporada sensacional do egípcio se deve a Jurgen Klopp. O estilo de jogo dos Reds, com contra-ataque fulminante, bolas longas pras pontas e pressão no campo adversário, se encaixam as habilidade de Salah. Mo disse que com o Liverpool está jogando mais próximo do gol, como um segundo atacante, e essa posição ajudou Salah a desencantar com o Liverpool.

O ataque do Liverpool com Roberto Firmino, Sadio Mané e Mohamed Salah briga com qualquer ataque do futebol Europeu. Sadio Mané providencia explosão do lado esquerdo. Roberto Firmino é um dos atacantes mais completos do futebol atual, sendo capaz de roubar a bola, ligar o meio-campo e o ataque e abrir espaço para os pontas do Liverpool. E Salah é capaz de terminar uma jogada e criar um gol "do nada", com sua habilidade e velocidade. Salah era a parte do quebra-cabeça que faltava ao ataque do Liverpool. Os três atacantes atuam como uma unidade coesa e se completam perfeitamente.

Apesar de estar tão perto de quebrar recordes individuais, se o Liverpool também conseguir uma temporada bem sucedida, podemos afirmar que o impacto de Salah ao Liverpool será um dos maiores da história. O primeiro jogo das quartas de final da Champions League acontecerá no dia 04/04, contra o Manchester City em Anfield. Esse jogo será uma oportunidade perfeita para Salah mostrar mais uma vez toda a sua habilidade e poder de decisão.

Desde a chegada de Jurgen Klopp, o Liverpool está no caminho certo, tanto em campo como fora. Os Reds cresceram financeiramente de forma surpreendente, recuperando uma perda de 21 milhões de libras e transformando esse valor com um lucro de 29 milhões. As colocações do Liverpool também evoluíram com Klopp, se classificando para a Champions League na última temporada apenas pela segunda vez em nove anos. E Salah é apenas mais uma prova do sucesso do Liverpool com contratações recentemente.

Não restam dúvidas da habilidade de Salah agora e a sua temporada brilhante é outra grande história que podemos tirar dessa temporada.

YNWA

Por: Gabriel Coelho/@gabrielcoelhof_

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.