Header Ads

A realidade bateu à nossa porta

03 de setembro de 2013. Torcedor esmeraldino, essa data lhe recorda algo? Esta foi a data daquele fatídico jogo onde Walter deu um drible categórico no goleiro Dida, e o Goiás massacrava o Grêmio dentro do Serra Dourada aplicando um futebol de qualidade durante toda a partida contra o time de Renato Gaúcho. Sim era o mesmo treinador, agora campeão da América, que nos enfrentou 5 anos atrás. E ontem Renato conseguiu dar um baile em nossa equipe, dentro de nossa casa, na frente da nossa torcida, mostrando que a realidade do Goiás se encontra muito longe de uma Série A.


Triturados: Goiás não viu a cor da bola e perde dentro de casa
(foto: globoesporte.com)
O Goiás de 43 anos seguidos na Série A, que colocava respeito e pressão contra os times do eixo sudeste/sul, o Goiás de tradição, de competições internacionais, e que até pouco tempo era time da parte de cima da tabela do Brasileirão Série A está desaparecido, e aos poucos deixa de existir e começa a se tornar cada vez mais um time medíocre de Série B. Lembra quando batíamos no peito pra falar que na soma de todos os pontos corridos, ficávamos a frente de inúmeros times? Inclusive de campeões brasileiros como Palmeiras, Vasco, Botafogo, Atlético Paranaense? Esse tempo se foi, infelizmente.

O respeito e o temor dos adversários pelo Serra Dourada foi embora, nossos elencos consagrados já estão apenas no passado. Os bons momentos que vivemos na arquibancada estão cada vez mais escassos, a realidade de nosso elenco é apenas de Série B e ontem ficou claramente visível isso dentro de campo. E não fomos triturados porque o Grêmio é campeão da Libertadores e sim porquê não temos um time que consiga exigir o mínimo de resistência à equipe gaúcha. A falta de jogadores técnicos em nosso time custa caro, e implica em péssimos desempenhos deixando o acesso cada vez mais longe.

Em 2013, Walter e companhia dominavam os gremistas, o
tempo de elencos competitivos infelizmente se foi.(foto: espn.com)
Usando as palavras do narrador do SporTV Gustavo Villani, o Goiás devia cobrar IPTU ao Grêmio ontem, pois o time gaúcho dominou com maestria nosso terreno defensivo. Um futebol ofensivo, dinâmico e eficiente que nos deixou sufocados durante todos os 90 minutos. Já a equipe esmeraldina teve apenas uma grande chance no início do segundo tempo com um chute de Giovanni, e também tivemos um ponto positivo, a estréia de Robson foi muito boa e o ponta chamou atenção da torcida com seus dribles e criações de jogadas que levavam algum perigo contra a defesa tricolor. Resumindo, um balde de água fria em nosso time, que ontem percebeu o tamanho da evolução que precisamos para subir de divisão e voltarmos a sermos competitivos na Série A: ENORME.

Precisamos urgentemente de jogadores decisivos, para que podemos
voltar ao lugar que sempre pertencemos. (foto: globoesporte.com)
Novamente finalizo o texto mostrando à vocês torcedores que precisamos urgentemente de reforços para a Série B. Jogadores que chamem a responsabilidade e nos tragam vitórias, respeito, e quem sabe até o futebol imponente que nosso time já apresentou contra as grandes equipes do futebol brasileiro. Com o elenco atual a expectativa não é das melhores e torna o acesso à primeira divisão algo muito difícil de ser alcançado, por mais que diretoria e treinador cravem que esse ano o Goiás irá fazer uma Série B incrível, eu honestamente duvido muito que um time instável e que não transmite nenhuma confiança ao torcedor com os jogadores que tem, consiga fazer esse feito.

Queremos que o Goiás volte a ser o time expressivo que era, queremos a Série A, queremos nossa história sendo escrita nos primeiros patamares do futebol brasileiro como sempre foi e devido a administrações pífias fomos levados ao fundo do poço. Se há algo positivo de todo esse problema é que se realmente estamos no fundo do poço, agora só dá pra ir pra cima. E eu espero fortemente que jogadores e diretoria comecem a tomar providências para que isso aconteça.

QUEREMOS O GOIÁS GIGANTE DE NOVO! DEVOLVAM NOSSA DIGNIDADE!

Linha de Fundo / @SiteLF



Um comentário:

  1. Concordo que precisamos de contratações em alguns setores.
    No tripé elenco x time x tecnico/tática a dimensão elenco está fraca. Ai a trempe cai.
    Com esse elenco acho que vai difícil nos mantermos na série. Esquece série A.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.