Header Ads

Derrotados pelos mesmos erros

Apático, medonho e ineficiente. Faltou movimentação, criação e vontade. Hoje em Campina Grande (PB), o CRB teve seu difícil desafio em campo de se limitar mais uma vez diante de um adversário que teoricamente seria mais fraco. O jogo foi válido pela fase preliminar da Copa do Nordeste de 2019. A terceira derrota seguida já começa a aumentar a responsabilidade no grupo onde contratações e dispensas começam a ser mais necessárias, mas se houver uma melhora com os que já estão, seria até satisfatório, mas ilusão não existe mais em um momento tão delicado como este.

Foto: Samy Oliveira
A derrota na Paraíba nos traz essa grande insatisfação em torno dos jogadores. Claro que a precariedade nos treinamentos enquanto Mazola Júnior era o treinador é total responsável pelo momento atual da equipe, mas a má vontade de alguns jogadores é nítida. Neste jogo ficou clara a falta de criação no meio-campo, os laterais não avançaram para o ataque tendo a posse de bola, e o "chutão" se tornou uma lei durante o jogo.
O posicionamento dos volantes, distantes dos meias e escondidos dos zagueiros dificultava ainda mais essa possibilidade de um domínio no jogo. 
Então a todo momento foi ficando mais notório que a proposta de jogo do CRB continuava sendo a mesma de quando Mazola Júnior era o treinador. Claro que é esperado que uma melhora aconteça após instruções do novo treinador, mas também já se aguardava que a vontade dos próprios jogadores em querer mudar aparecesse, porém, ficou para uma próxima.
Neto Baiano teve poucas oportunidades, a bola não chegava da forma esperada. Os pontas ficavam reféns de lançamentos, e os laterais abdicavam da criação, optando pelo "chutão". Os zagueiros seguiam o mesmo raciocínio e lançavam a bola para o ataque. Então o Campinense, que já tinha mais participação de seus meias e atacantes começava a evoluir no jogo, e o gol aconteceu após uma série de bobeiras, onde o camisa de nº10 do adversário recebeu dentro da área e finalizou, para abrir o placar de 1 a 0, que permaneceria até o apito final do árbitro.
João Carlos continua sendo o jogador mais regular da equipe, salvando o CRB a todo momento de goleadas. Os jogadores que chegaram até melhoraram a qualidade da equipe, mas ainda se espera muito mais. 

Próximos jogos serão difíceis

A sequência de jogos do CRB daqui pra frente será complicada. Além dos jogos da Série B, o mata-mata do Nordestão aparecerá duas vezes. Primeiro contra o Campinense, no próximo dia 1º de Maio. E em seguida contra o Ceará, porém, com data ainda não definida. Os jogadores contratados deverão exercer um papel importante nestes próximos jogos. É esperado que Márcio, Diogo Mateus, Lucas Siqueira, Diego Rosa, Tinga, Rafael Costa e Mazola comecem a entrar na equipe titular e melhorar alguns aspectos da equipe. Vale a pena lembrar que Márcio, Mazola e Rafael Costa ainda não estrearam com a camisa do Galo. Claudinei também deverá voltar, o que irá melhorar bastante o meio-campo da equipe.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.