Header Ads

Flu vence, convence e segue na ponta do Brasileiro

Após a derrota no clássico, o Fluminense retornou hoje aos gramados no jogo contra o Atlético-PR para retomar o caminho das vitórias e uma posição mais tranquila na tabela do Brasileirão.

Mesmo com as boas atuações nas últimas partidas e a fase ruim pela qual o time paranaense atravessa, a expectativa era de um jogo difícil e muito disputado, sem favoritos.

No primeiro tempo, aos 10 minutos de jogo o Flu já deixava claro a postura que adotaria para o resto da partida. Abdicar totalmente da posse de bola e sair em transição rápida ao ataque aproveitando os erros do adversário. Uma estratégia estranha para um time mandante, mas que foi eficiente do início ao fim.

Com uma ótima atuação dos meias Sornoza e Jadson, o flu soube usufruir dos erros do Atlético para criar suas principais jogadas, dando origem aos seus gols. Uma bola roubada no meio de campo, uma envolvente troca de passes, um chute preciso e uma dose de sorte foram suficientes para que o tricolor fizesse a alegria da torcida no Maracanã, primeiro com o gol contra do zagueiro Thiago Heleno e depois com Marcos Jr.

O panorama do jogo no segundo tempo foi praticamente o mesmo: o flu jogando de maneira passiva, esperando as ações do adversário e saindo em altíssima velocidade nos contra-ataques. A única diferença foi a significativa diminuição de erros por parte do Atlético que se portou de forma mais precavida e cautelosa nas suas trocas de passe.

No entanto, o Fluminense continuava mais perigoso nas suas investidas ao ataque e podia ter matado o jogo em uma ou duas bolas com Pedro e Matheus Alessandro, mas por incrível que pareça, o flu suportou bem a pressão, não fraquejou como fazia em alguns jogos da temporada passada, foi firme e seguro ao longo dos 90 minutos. Para fazer justiça com o visitante, o furacão teve sim suas chances, mas quando não esbarrava na zaga tricolor, era parado por Júlio César que fez boas intervenções quando foi exigido.

Além da vitória, há de se comemorar o desempenho da equipe em mais um jogo no campeonato brasileiro, mais um jogo que serve como prova para todos (principalmente para seus torcedores) de que o Fluminense é um time competitivo, talvez não o suficiente para ser campeão, mas muito acima daquilo que era esperado no início do ano. E o crédito disso tudo não poderia ser de ninguém senão Abel Braga, uma parte integrante do clube e merece todas as honrarias por fazer o que fez e o que vem fazendo pela instituição.

ST,
Caio Ramos

Foto retirada do site Veja : O volante Jadson comemora após gol contra marcado pelo Atlético-PR na partida frente ao Fluminense, válida pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro, no Maracanã (Bruna Prado/Getty Images)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.