Header Ads

Precisamos falar de arbitragem, CBF


PARANÁ 1 x 1 CRUZEIRO

Foram 8 cartões ao Paraná Clube. Somente 2 ao Cruzeiro. Inúmeras faltas “muito falta” não dadas. Expulsão de Rogério Micale. E para coroar um pênalti para lá de duvidoso. Seu Dewson Freitas da Silva o que o senhor fez na Vila Capanema ontem foi uma vergonha. E o mais absurdo: o cidadão é árbitro FIFA. Preocupante...

Resultado de imagem para paraná clube
Foto: Albari Rosa/Tribuna do Paraná
O JOGO
O primeiro tempo foi sem muitas emoções. O Tricolor tinha os mesmos problemas: conseguia controlar o jogo, sem sofrer, mas faltava qualidade para chegar a frente e assustar o Cruzeiro. A única chance foi com Thiago Santos, na jogada de lateral, onde Carlos ajeitou para o atacante entrar na área e bater muito mal. No final da 1ª etapa alguns sustos, mas o 0 x 0 permaneceu no placar.

Micale tentava achar uma alternativa para mudar o ataque e Caio deu lugar a Biteco. Em seu primeiro lance, Biteco passou pela marcação, entrou na área, foi derrubado e: nada. Dewson mandou o jogo seguir. Minutos depois em jogada pela esquerda Brey se enrolou com Neris e Dewson assinalou: pênalti. Resultado: Micale expulso, Igor amarelado e gol do Cruzeiro, com Sóbis.

O show de Dewson continuou, Biteco amarelado e o combo: Carlos amarelado aso 34’, Rayan aos 35’ e Jhonny Lucas aos 37’. Felizmente, mais na base da vontade, contra tudo e contra todos, Junior cruzou da direita e Silvinho apareceu no meio da área para completar para o gol, empatando a partida. Algumas tentativas aqui ou ali, mas nada de alteração no placar: 1 x 1 e mais um ponto somado.


ANÁLISE
Como já foi possível perceber, Dewson foi o grande personagem da partida, infelizmente negativo. Os erros aconteceram para os dois lados, mas os lances capitais, sempre erram do Cruzeiro, como é possível analisar facilmente com a diferença de cartões amarelos as duas equipes.

No jogo não tivemos muitos destaques. Torito foi mais uma vez regular, juntamente a Thiago Rodrigues, Rayan continua surpreendendo e Caio foi bastante participativo. Por outro lado, Silvinho, Carlos e Thiago Santos continuaram discretos, enquanto Neris foi inseguro atrás. A criatividade e qualidade ofensiva continua sendo o problema.


PERSPECTIVA
Teremos pela frente mais de um mês de pausa para a Copa do Mundo. Quando voltarmos no dia 18/07 será outro campeonato. Times treinando, reforços, tudo será diferente.
Atualmente na 18ª posição, o Tricolor conquistou 7 dos 10 pontos nas últimas 4 rodadas. A evolução é evidente. Aos poucos as peças vão encaixando e Micale vai impondo sua ideia de jogo.

Essa realidade, somada a vinda de alguns reforços, faz com que o torcedor Paranista passe a ver a saída da ZR como um sonho possível.

O primeiro nome já anunciado como reforço para a sequência é o de Rodolfo Bardella. O meia foi destaque na série B do ano passado, atuando pelo Boa Esporte, e estava no Dibba Al Fujairah, dos Emirados Árabes.

Acreditemos!

Fellipe Vicentini | @_FellipeS
#PRaCima

2 comentários:

  1. Ótima análise do jogo e das perspectivas para o futuro. Vamos acreditar na recuperação do Paraná.

    ResponderExcluir
  2. Ótima análise e baseada em evidências !!! Precisamos é de 2 laterais, mais 1 meia criativo e 1 matador ! Daí podemos até sonhar mais alto ...

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.