Header Ads

No meio do nada, surgiu uma ponte para nos tirar do sono profundo

A expectativa para o jogo desta noite contra a Ponte Preta era a maior possível. Após uma semana de decisões da diretoria em fazer promoção no preço do ingresso, multar jogador, anunciar contratação, tudo indicava que a partir do jogo desta sexta-feira, o CRB começaria a ser outro.
E esse novo Galo começou da melhor forma. A estreia de Rafael Carioca e o primeiro jogo de Mazola como titular ajudou bastante na construção do placar e na vitória. Difícil encontrar um jogador que tenha atuado mal nesta noite, Edson Ratinho vem fazendo boas partidas na lateral, e como Rafael Carioca fez uma boa estreia, talvez os problemas na defesa estejam acabando, pode ser que sim, mas também pode ser apenas uma impressão, uma ilusão.
Pelo lado direito fazíamos nossas melhores jogadas, Ratinho levava a bola para o ataque, e Mazola arriscava o chute, o passe, o drible e o cruzamento. E aos 10', um belo passe de Mazola em um cruzamento milimétrico para Lucas, o volante que não sabe o que é jogar mal pelo CRB abriu o placar e fez seu primeiro gol com a camisa do Galo.

(Pei Fon / Portal TNH1)
Foto: Pei Fon
A Ponte Preta teve maior posse de bola durante todo o jogo, mas acabou fazendo uma partida exatamente igual aos últimos jogos do CRB. Tinha maior posse, mas não sabia criar, um toque de bola inútil. E o Galo conseguiu chegar e finalizar bem. Várias oportunidades, o goleiro campineiro fez cinco defesas na partida. Foram 18 chutes do Galo. A equipe jogou bem, nenhum jogador fez um mau jogo, talvez só Diego Rosa, que não apareceu tanto na partida. Este saiu no segundo tempo, Willians entrou em seu lugar. A dupla de volantes foi excepcional, Claudinei efetuou cinco interceptações, e ainda foi ao ataque ajudar na criação. Lucas fez o gol, e ajudou na marcação e saída de bola.
Tinga entrou no lugar de Leílson, este que soube fazer bem seu papel, mas não tão bem quanto Cleiton Xavier vinha fazendo.
Diogo Matheus entrou no fim do jogo, foi parar na lateral esquerda, no lugar de Rafael Carioca que fez uma boa partida. 

   (Crédito: Pei Fon / Portal TNH1)
Foto: Pei Fon
Edson Ratinho que é muito criticado por falhar na maioria de seus cruzamentos, deu um passe milimétrico para Willians Santana aos 28'. O jogador recebeu, driblou o goleiro e fez um golaço, só não entrou no gol com a bola por conta da marcação que já vinha intervir, mas não conseguiu.
O CRB venceu por 2 a 0, merecendo a vitória por ser efetivo, os jogadores atuaram bem, João Carlos não foi exigido e o melhor ainda está por vir. Na defesa as coisas parecem ter melhorado, os volantes estão jogando bem, Willians e Mazola estão fazendo a diferença entre os pontas, principalmente Mazola. E vale a pena lembrar a persistência de Neto Baiano, que acredita em todos os lances, que corre pela equipe durante toda a partida. Fez um golaço de falta, mas o árbitro anulou por falta na barreira, o que é uma pena.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.