Header Ads

Sem Bendtner, Dinamarca está pronta para a Copa da Rússia

A seleção dinamarquesa anunciou os seus 23 jogadores que representarão o país na Copa do Mundo. São eles:

GoleirosKasper Schmeichel (Leicester-ING), Frederik Ronnow (Brondby-DIN) e Jonas Lössl (Huddersfield-ING)


DefensoresSimon Kjaer (Sevilla-ESP), Mathias Jorgensen (Huddersfield-ING), Andreas Christensen (Chelsea0ING), Henrik Dalsgaard (Brentford-ING), Jens Stryger Larsen (Udinese-ITA, Jannik Vestergaard (Borussia Mönchengladbach) e Jonas Knudsen (Ipswich Town-ING).


Meio-campistas: Christian Eriksen (Tottenham-ING), Thomas Delaney (Werder Bremen-ALE), William Kvist (Copenhague-DIN), Lasse Schöne (Ajax-HOL), Lukas Lerager (Bordeaux-FRA) e Michael Krohn-Dehli (Deportivo La Coruña-ESP).

Atacantes: Nicolai Jorgesen (Feyenoord-HOL), Yussuf Poulsen (RB Leipzig-ALE), Andreas Cornelius (Atalanta-ITA), Pione Sisto (Celta de Vigo-ESP), Martin Barithwaite (Bordeaux-FRA), Viktor Fischer (Copenhague-DIN) e Kasper Dolberg (Ajax-HOL).

A surpresa ficou por conta da ausência de Nicklas Bendtner. O atacante sofreu uma lesão na virilha jogando pelo seu clube, o Rosenborg e até tentou ficar apto para atuar no empate em 0 a 0 da equipe dinamarquesa contra a Suécia no último sábado em Estocolmo.
Odd Andersen/AFP
Bendtner estará fora do mundial (Foto:Odd Andersen/AFP)
O técnico norueguês Age Hareide poderia até leva-lo para a Rússia, mas afirmou que precisa contar com todos os seus jogadores 100%, pois o primeiro jogo da copa, que será contra o Peru, será fundamental para os planos do país para passar de fase. O atacante talvez não jogasse essa "decisão", então, acabou ficando fora da lista. Pela sua experiência, o centroavante de 30 anos fará falta à equipe do norte europeu.
Caso algum jogador se machuque nesse período, Bendtner poderá ser chamado para incorporar a delegação da Dinamarca.
Agora, caberá a Eriksen, Fisher, Schmeichel, Christensen, Krohn-Dehli e o jovem Dolberg comandar a seleção, que ainda enfrentará Austrália e a França na fase de grupos.

João Eduardo Gurgel 


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.