Header Ads

Mudou tudo: postura, treinador e resultado

Lá fomos nós outra vez. Outra estreia de treinador, a quinta nestes dois anos. Igual ao último treinador, Doriva chega e o time já muda de postura. Dá para perceber que os jogadores são mais objetivos e que jogam de forma mais séria. As 26 finalizações mostram isso. Tudo bem que a posse de bola não foi nossa, eles tiveram uma posse maior, mas totalmente inútil, toda no campo de defesa. Foram apenas sete finalizações, e apenas uma no gol de João Carlos, e o mesmo defendeu com tranquilidade.
A primeira imagem que Doriva passa, é de um treinador que chegou para motivar o elenco. O mesmo em entrevista falou nisso, que vai tentar fazer com que cada um dos atletas recupere ou tente chegar perto da melhor forma que já tiveram na carreira.

Foto: Pei Fon
O CRB teve uma postura ofensiva, agressiva, totalmente determinada a buscar o resultado. Claudinei e Lucas continuam regulares e passando uma confiança maior a cada jogo, e isso é importante em um elenco que demonstra carências em alguns setores.
Ainda falta o camisa 10, e espero que seja questão de tempo, já que Cleiton Xavier deve voltar logo mais e Felipe Menezes deve ser regularizado a partir do dia 15. O que nos alivia é que só teremos mais um jogo pela frente antes da volta destes dois meias, que será contra o Boa Esporte. O lanterna da competição não será um alvo tão fácil, mas ter apenas um jogo e contra uma equipe que não está tão bem e que peca na qualidade alivia um pouco mais. Mazola deve voltar logo, então já melhora o jogo pelos lados, é um jogador que parte pra cima e que tem seu drible como recurso.
A defesa não teve dificuldade no jogo de hoje, não dá pra comentar muita coisa. Ainda falta organização no ataque, Alípio fez um primeiro tempo até que agradável para um reserva, mas precisa mostrar mais, caiu de rendimento no segundo tempo. Já Diego Rosa jogou mal. Willians Santana foi um dos melhores em campo, e deve ser titular com Mazola nos próximos jogos e no restante da competição se não chegar mais ninguém no ataque.
Já Neto Baiano continua na seca de gols. Procurou, se esforçou, mas a bola não entrou. Rafael Costa entrou no seu lugar no fim do jogo, mas não conseguiu balançar as redes. O que falta neste time ainda é a questão emocional e também de um superior saber controlar os atletas. Creio que Doriva consiga sacudir o elenco, mas será necessário muito mais que isto. A vitória por 1 a 0 com gol de Leílson não nos tira do Z4, mas é um alívio dos bons.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.