Header Ads

Onde você estava na hora do gol de Caio Dantas?

Esse que vos fala, transformou esse espaço no qual escreve em um lugar de opinião, e não mais apenas para um ocasional de notícias a respeito do time que torce. Mesmo distante algum tempo de escrever sobre o Botafogo-SP, depois da ultima semana que passou seria completamente incoerente e um pecado moral contra meus princípios futebolísticos, não falar nada relacionado a uma das grandes emoções da minha vida envolvendo esse esporte.

Vamos aos pontos principais, que talvez você torcedor não saiba(caso estivesse em Marte no ultimo dia 26): O Botafogo depois de uma campanha irretocável na primeira fase do Campeonato Brasileiro da Série C classificou-se como líder de seu grupo, com 35 pontos, 10 vitórias, 5 empates, e apenas 3 derrotas garantiu a oportunidade de brigar por uma vaga na segunda divisão do futebol brasileiro no mata-mata.

O desafio seria em dois jogos, contra seu xará do nordeste, o Botafogo-PB. O primeiro encontro seria fora, e a decisão dentro de casa. Já que o pantera levava vantagem pelo melhor desempenho na primeira fase.

Então eis que veio os jogos. Na primeira partida o Botafogo foi derrotado em um jogo muito duro no estádio Almeidão na Paraíba, e precisaria de uma vitória pela vantagem minima no jogo da volta, para levar a decisão para os pênaltis. Uma vitória com dois gols de diferença, daria a classificação direta no tempo normal.


Dia 26 de agosto, de 2018, as 20h50. Onde você estava no momento exato do gol de Caio Dantas?

Pois bem, como todos sabem o Linha de Fundo na maioria das vezes, e para maioria dos colunistas, não é a única ocupação que temos. Eu assim como a maioria de meus colegas, tenho outros trabalhos fora esse, e então pode ser que a rotina nos leve a estar em lugares onde não queríamos em determinados momentos.

Estava na minha cidade natal. Interior do estado de São Paulo, Osvaldo Cruz, na microrregião de Adamantina, e mesorregião de Presidente Prudente (onde carinhosamente Mauro Beting diria: "onde Judas perdeu as botas"). Muito longe de Ribeirão Preto, onde boa parte dos meus amigos estariam no Santa Cruz para ver esse jogo histórico.

Como nos últimos dias ficou público, o canal que transmitia os jogos da Série C para todo o território nacional, acabou por encerrar suas atividades. Ou seja, ficou muito difícil para o torcedor de uma serie de menos visibilidade, acompanhar seu time com a frequência que lhe convém, principalmente caso more longe da cidade do mesmo. 

O jeito no meu caso foi ouvir pela rádio. Claro que com a globalização, e nossa mania já acostumada de preferir ver do que ouvir, logo nos queixamos caso não consigamos assistir um momento como esses. Entretanto eu creio que a emoção naquele dia, pelo radinho, muito maior. Mais que isso, fez eu cortar minha perna em um golpe sem querer no banco da praça, onde junto com alguns amigos ouvia o jogo. Já era noite.

O gol de Caio Dantas fez eu entrar em um momento histérico, coisa que eu não sentia desde que era novinho e vibrava de maneira copiosa com a seleção brasileira, ou assistindo os jogos do Ronaldinho Gaúcho no Barcelona. 

Foi incrível. Foi voltar a raiz daquilo que a gente se identificou no começo da vida com esse esporte, e por tudo pra fora. Eram 48 minutos do 2° tempo, e o Fogo ia sendo eliminado. O gol lavou a alma de qualquer torcedor que esperava mais de 3 anos por essa classificação. O filme de Natal em 2016 já vinha passando novamente pela cabeça, mas agora o universo do futebol conspirou a favor.

Logo após vieram os pênaltis, as cobranças todas bem efetuadas pelos atletas do pantera (Everton Santos, não se inclua aqui), e a grandeza novamente bem acentuada de Tiago Cardoso, fizeram o sonho se tornar realidade. O Botafogo voltava a subir para a Série B depois de 22 anos.

(foto de: Raul Ramos/Ag. Botafogo/ Divulgação)

Mas agora é com você. Use os comentários, e conte sua história. Onde você estava na hora do gol de Caio Dantas?

3 comentários:

  1. Essa parte do golpe sem querer na praça, foi o melhor hahaha
    A emoção contida, parecia uma final de copa do mundo, foi espetacular ���� Kkkk

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Eu tava na mesma praça, mas completamente concentrada em cuidar para que meu celular não voasse em um momento frenético de emoção! HAHAHHA

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.