Header Ads

SEU ABEL...

(Alexandre Vidal/Flamengo)


Seu Abel, eu tô pedindo e reclamando desde o início do ano, Seu Abel. Te mostrando que o que você tá fazendo tá errado. Você conhece o Flamengo em Libertadores e os jogadores que você tem, seu Abel?

Aí você vai na entrevista coletiva e diz que o Arrascaeta tem que esperar, que o Diego e o Arão são imprescindíveis, de muita qualidade, que não é sempre que o Arrascaeta vai entrar?

Seu Abel, VAI PRA AQUELE LUGAR SEU ABEL!

Esse é o recado básico que todo rubro-negro queria dar pro seu Abel ontem. Com a mesma raiva que o funcionário da padaria estava quando falou com Seu Armando. É incrível que já seja 12 de abril e o Flamengo continue jogando desse jeito e com os mesmos problemas. No final, um resultado absurdamente ilusório em uma atuação pífia no primeiro tempo e uma bem mais ou menos no segundo tempo.

Ontem fui pro Maracanã animado. E parecia que daria tudo certo mesmo. A massa começou bem e aos 5min já tínhamos 1x0 e um jogador a mais.

Mas quem conhece seu time conhece seu time. Aos 10, virei pro companheiro de sempre e disse:

- Já demorou muito pra fazer o segundo. Daqui a pouco vai sair o dos caras.

Não deu outra. Numa troca de passes com toque de letra e caneta em zagueiro dentro da área o SAN JOSE DE ORURO COM UM JOGADOR A MENOS EMPATOU COM O FLAMENGO NO MARACANÃ.

Coisa inadmissível. Coisas de um time extremamente mal treinado. O Flamengo de Abel é um time sem rumo desde o início do ano. Não consegue atacar bem e muito menos defender bem.

Atrás sofre com espaços deixados por problemas crônicos. Primeiro, a falta de compactação clássica de um time mal treinado. Segundo, William Arão. O volante que não joga como volante nem na frente nem atrás obriga Cuellar a correr por dois e mesmo quando está apto a marcar não o faz. Repare que no gol dos bolivianos Arão daria pouco espaços e isolaria a bola caso se esforçasse pra isso.

Na frente, é um time sem uma jogada bem treinada. A única é o maldito lateral na área. De resto, tem movimentos extremamente mal executados e depende muito da individualidade dos jogadores. Sendo que a maior das individualidades é banco.

Ontem a coisa piorou ainda mais. Eram três meias que afunilavam o jogo para o centro enquanto os laterais pouco passavam e não havia um centroavante de ofício. Trágico. Mesmo com um a mais o Flamengo pouco criou chances no primeiro tempo. Em alguns momentos o San José tocava e triangulava no campo do Flamengo. Patético.

Na segunda parte a coisa já foi um pouco diferente. Abel acertou a marcação pressão e a bola passou a ser nossa. E aí, com a bola sendo nossa, vimos finalmente jogar na sua posição o homem de 65milhões.

É nítido e claro para qualquer imbecil como time melhora com Arrascaeta. O uruguaio faz tudo parecer fácil. Fez jogada canetando de costas, recuperando bola, driblando dois, dando passe entre linhas e deixando BH sozinho com goleiro. Minutos depois amorteceu a bola com intimidade e pôs ela onde quis para fazer o terceiro. 

A simplicidade com que faz as coisas mais difíceis impressiona. Visão de jogo, passe longo, drible. Inteligência.  3 meses de banco e só jogou por lesão de dois jogadores.

Seu Abel, vai tomar naquele lugar, Seu Abel.

Depois disso, convenhamos, acabou o San José.

A essa altura eu mal comemorava os gols. Passei jogo bravo com a má atuação.

Mas a massa é demais. Você dá um pouquinho pra ela e o carnaval acontece.

Quer saber, irmão? Vou aproveitar com os meus e fazer valer uma das verdades mais antigas do Maracanã. A torcida do Flamengo não vai ao Maracanã pelo time. Vai por ela mesma.

E enquanto a gente fazia festa lá em cima e o San José era um grupo de 10 zumbis em campo, saíram os gols de Everton Ribeiro, Vitinho e contra (gol do Pará em Libertadores é demais pra mim)

Festa lá em cima. O melhor resultado que já vi em estádio em uma das piores atuações coletivas.

SEU ABEL, VOCÊ ACHA QUE EU VOU CONTINUAR SAINDO DE NITERÓI, VOLTANDO PARA CASA 1H30 DA MANHÃ E ACORDAR 5H30 NO DIA SEGUINTE, PRA VER O FLAMENGO JOGAR ESSE JOGO PÍFIO? QUE EU VOU ME ILUDIR, SEU ABEL?

Vou. Porque é assim que nós somos. E foi assim que descemos a rampa de saída de estádio. Mandando Vasco esperar a vez dele, sem camisa, com um chinelo achado no chão agarrado na mão.

Mas a vontade racional mesmo era de fazer como o funcionário do Seu Armando e dizer: 

-VOCE PODE IR PRA OUTRO TIME, SEU ABEL, PORQUE NEM DEBAIXO DE SOL OU DE CHUVA EU VOLTO AQUI PRA VER VOCÊ NO COMANDO DO FLAMENGO, SEU TRICOLOR FILHO DA #$@+! 

Mas eu sou Flamengo. Completamente irracional e iludido mais uma vez.

Até o próximo choque de realidade.

No mais,
Saudações Rubro-Negras

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.