Header Ads

Corinthians e Santos largam na frente por vagas nas semifinais do Brasileirão Feminino da Série A-1

O Campeonato Brasileiro Feminino da primeira divisão, ou Brasileirão Feminino Série A-1, como é chamado pela CBF, entrou de forma oficial em sua fase de mata-mata. Na tarde da última quarta-feira, 14, aconteceram os primeiros dois jogos das quartas de final da competição. Em dois duelos paulistas, Corinthians e Santos saíram na frente por uma vaga nas semifinais, e conseguiram bons placares mesmo jogando fora de casa. Confira abaixo:


SÃO JOSÉ 1 x 4 CORINTHIANS.

A regra para os confrontos na 2ª fase era bem simples. O melhor colocado enfrentando o pior. 1º x 8º, 2º x 7º, e assim sequencialmente. O São José, time mandante da primeira partida, foi a pior colocada entre as equipes classificadas. Já o Corinthians, passou na primeira colocação com uma campanha incrivelmente positiva: 15 jogos, 14 vitórias, e apenas uma derrota.

O duelo realizado na cidade de São José dos Campos já começava com um favorito claro. Favoritismo esse, que as meninas do alvinegro fizeram questão de impor logo no inicio do jogo. Já no segundo minuto de partida, Victória ganhou na corrida da marcação, e tocou na saída da goleira Bruna pra abrir o marcador.

O Corinthians continuou arrasador na partida, e com 11 minutos da etapa inicial, já tinha marcado novamente. Dessa vez Gabi Zanotti, de cabeça, aumentou a vantagem do time visitante.

Uma reação foi ensaiada pela equipe da casa, e aos 24 minutos, Poliana de cabeça, encobriu a goleira adversária e diminuiu a vantagem no estádio Martins Pereira. A equipe joseense ainda poderia empatar o marcador na etapa inicial, caso Rafa Martins não tivesse desperdiçado um pênalti batido na trave.

Ainda no primeiro tempo o Corinthians conseguiu ampliar sua vantagem. Victória novamente, após desatenção da zaga adversária, complementou dentro da área para as redes fazendo seu segundo gol na partida.

Com um placar praticamente resolvido, na volta do intervalo o jogo caiu bastante de ritmo. Mesmo com a desaceleração por parte das equipes no gramado, o domínio da partida continuou com a equipe paulistana. O Corinthians colecionou chances de aumentar ainda mais o placar mas desperdiçou grande parte delas.

Entretanto aos 36 minutos da segunda etapa, Millene aproveitou passe de Victória após grande jogada de Gabi Zanotti, para empurrar para as redes, e decretar uma vitória maiúscula para as meninas do Timão.

O resultado além de dar uma relativa folga ao Corinthians na partida de volta, também entra na estatística como a 26ª vitória seguida das meninas do Timão, envolvendo o Brasileirão e o Campeonato Paulista. O maior recorde de vitórias de uma equipe brasileira. Em nível mundial, o feito pertence ao The New Saints, do País de Galês, e deve ser superado pelas meninas do Parque São Jorge em breve.

Corinthians e São José se enfrentam novamente na próxima quarta-feira, 21, as 19h30, no Parque São Jorge. O São José precisa vencer por uma diferença de quatro gols para se classificar. Um placar por três gols de diferença leva o jogo para os pênaltis.

FOTO: Bruno Teixeira/ Ag. Corinthians


FERROVIÁRIA 1 x 2 SANTOS.
Na outra partida das quartas de final do Brasileirão Feminino Série A-1, a equipe do Santos, as Sereias da Vila, classificadas com a 2ª melhor campanha na primeira fase, enfrentaram a equipe da Ferroviária que avançou com a penúltima melhor campanha. O jogo aconteceu em Araraquara, mas quem saiu vitorioso foi a equipe do litoral.

O time visitante abriu o marcador logo aos sete minutos da etapa inicial, com Maria Alves, que aproveitou cruzamento de Katielle e finalizou pras redes. O time santista ainda ampliaria sua vantagem com um belíssimo gol olímpico da chilena Claudia Soto.

Já no segundo tempo, com uma vantagem robusta construída pelas garotas santistas, a equipe da Ferroviária esboçou uma reação para correr atrás do placar. Kamilla aos nove minutos da etapa final diminuiu a vantagem, mas parou por aí.

As Guerreiras Grenás, como são chamadas, não conseguiram o gol de empate mesmo com um jogo ofensivo muito forte e de muito trabalho para a defesa santista.

A partida de volta acontece somente no mês que vem, no dia 3, uma terça-feira, as 19h30 no estádio Ulrico Mursa, na cidade de Santos. A equipe alvinegra joga por um empate, enquanto a Ferroviária precisa de um triunfo de dois gols para se classificar no tempo normal. Uma vitória com diferença de um gol leva a partida para os pênaltis.


FOTO: twitter - Santos feminino

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.